PT lança Zé Roberto à prefeitura de Palmas durante convenção e candidato fala em mudanças
PT lança Zé Roberto à prefeitura de Palmas durante convenção e candidato fala em mudanças

“Saio daqui com a lembrança de um ano atrás, onde muitos companheiros me procuraram e me escolheram para representá-los, hoje isso se tornou realidade”, declarou Zé Roberto durante a Convenção conjunta do Partido dos Trabalhadores (PT) e do Partido Socialismo e Liberdade (Psol) que homologou a sua candidatura à prefeito de Palmas e da vice-prefeita Lucia Viana do Psol e dos candidatos a vereador e vereadora da coligação.

O evento aconteceu na noite desta segunda-feira (25), no auditório da Assembleia Legislativa. No mesmo dia também foi realizado o Encontro Municipal do PT que consolidou pontos do programa de governo, políticas de aliança, diretrizes de atuação legislativa.

Na ocasião, Zé Roberto falou que sua campanha será construída com a marca do diálogo, ouvindo todos os setores da sociedade palmense. “Ouvindo a população saberemos os problemas de cada setor da cidade, para assim fazer uma administração em prol de todos’. O agora candidato também ressaltou que o momento de mudança é agora, “o nosso plano de governo não é só meu, ou dos partidos coligados, é de todos nós, para mudar a história dessa cidade. Vamos a vitória”

“Avançar a unidade Popular”, foi o nome escolhido para a coligação entre o PT e o Psol. Ficou definido também no encontro a possibilidade do PHS e do Rede comporem o grupo. Ao JM Notícia, Kairo Bernardo afirmou que uma coligação na proporcional seria bem vinda ao PHS juntamente com o PT e o Psol.

“Abrimos um diálogo com o deputado Zé Roberto, ele foi um dos parlamentares que votou no deputado Mauro Carlesse para a presidência da AL”, disse Bernardo.

Encontro Municipal

Antecedendo a convenção, na tarde de ontem aconteceu o encontro do PT. No primeiro momento foi debatido o plano de governo, que foi apresentado pelos seus coordenadores, Eutalia Barbosa e Thiago Darin e ao final aconteceu um debate aberto ao público para contribuições de propostas.  “Nosso plano de governo está sendo conduzido com dois aspectos; elaboração do pré-candidato na participação, envolvimento e mobilização do projeto e apresentação de um projeto que corresponda a ideologia do partido. A candidatura não inclui apenas a disputa, mas o programa que é o carro chefe é carro chefe”, explicou Eutália.

Em sequência, a secretaria de Mulheres do PT municipal, Maria Vani e Bismarque do Movimento conduziram um discurso sobre as diretrizes de atuação legislativa. “Nós temos que construir mandatos para dialogar com a sociedade, se tiver o poder de mobilização da sociedade, podemos mover montanhas.  Precisamos de vereadores que vá as ruas dialogar com os trabalhadores, esse projeto é popular e vitorioso, viva o PT viva a classe trabalhadora”, declarou Maria Vani.

O presidente da Central Única dos Trabalhadores no Tocantins (CUT/TO), José Roque Santiago conduziu a discursão sobre as políticas de aliança. “Estamos sentindo que em breve nossa militança ocupará as ruas para não depender de aliança. Nós da esquerda podemos nos rever nessa postura para alavancar nosso projeto. Estamos vendo os ataques a todos os segmentos, e precisamos estar atentos a essa realidade para fazer com que a candidatura da esquerda avance e der segmento”, argumentou. 

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.