PM
Governo do TO nomeia nova comissão para realização do concurso público da PM

A Comissão de realização do concurso da Polícia Militar do Tocantins, para provimento de vagas no Curso de Formação de Oficiais e no Curso de Formação de Soldados, tem um novo presidente. Assume o cargo o coronel PM Marcelo Falcão Soares, atual diretor de Ensino, Instrução e Pesquisa da Polícia Militar. A decisão foi publicada no Diário Oficial do Estado nº 4.672, dessa quinta-feira, 28.

Coronel Falcão assume no lugar do coronel Edvan de Jesus Silva, chefe de Estado maior da PM. Coronel Falcão dará continuidade aos trabalhos da comissão do concurso, que conta ainda com outros quatro oficiais da PM: tenente-coronel Dosautomista Honorato de Melo, major Lorena Alfonso Fernandes, major Esdras Eduardo Borges e capitão Gildásio da Silva Aires. Todos designados pelo comandante-geral, coronel Glauber de Oliveira Santos.

A comissão foi instituída no mês de janeiro e, desde então, trabalha para que o concurso da PM aconteça de forma transparente.

O edital do certame está previsto para ser publicado em 25 de agosto, conforme determinação do governador Marcelo Miranda. Serão oferecidas mil vagas para o Curso de Formação de Soldados (CFSD) e 40 vagas para o Curso de Formação de Oficiais (CFO). Com o ingresso desses novos militares na instituição, a PM suprirá as lacunas deixadas pelos policiais que se aposentarem nos próximos anos, preencherá novas demandas na instituição e incrementará o efetivo em aproximadamente 25%.

VEJA TAMBÉM
Polícia Militar do Goiás (PM-GO) vai lançar edital de concurso; três mil vagas devem ser ofertadas

De acordo com o comandante-geral, a realização do certame é uma demanda antiga da Polícia Militar e será essencial para suprir a necessidade de efetivo e, dessa forma, reforçar o policiamento já existente. “Estamos satisfeitos porque o concurso da PM está se tornando uma realidade, a comissão trabalha para finalizar as diretrizes da elaboração do edital que em breve será divulgado”, destacou coronel Glauber.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.