Tocantins registra mais de 3 mil acidentes de trabalho em dois anos
Tocantins registra mais de 3 mil acidentes de trabalho em dois anos

Tocantins registrou entre 2014 e 2016 mais de 3 mil acidentes de trabalho. Um quarto desses acidentes ocorreu com trabalhadores em atividades ligadas à agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura. Os dados são do sistema de notificações da Secretaria Estadual de Saúde.

O sistema aponta ainda que trabalhadores da zona urbana também estão sujeitos a riscos de acidentes laborais, como no caso da indústria de transformação. Esse ramo de atividade engloba empresas atuantes na construção civil, fabricação de cerâmicas, frigoríficos, oficinas mecânicas, indústria da madeira, e outras atividades que lidam com a transformação de matéria-prima. De 2014 a 2016, foram registradas 329 notificações de acidentes de trabalho nesse ramo de atividade.

Já no setor de serviço, o risco é de adoecimento relacionado à pressão pelo cumprimento de metas. Em vendas ou marketing, por exemplo, o vendedor precisa cumprir metas altas, em determinado espaço de tempo, o que pode gerar estresse e fadiga física.

Nos dois últimos anos, mais de 260 trabalhadores tocantinenses sofreram algum tipo de dano nesse ramo de atividade como, lesão por esforço repetitivo (LER) ou  Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho (Dort). E outros 80 foram diagnosticados com transtorno mental relacionado ao trabalho. Com informações Agência EBC

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.