Por Sérgio Nascimento

O pastor Silas Malafaia tem sido alvo de uma verdadeira perseguição no país, pois há tempos tem denunciado o orquestrado projeto da militância homossexual de querer acabar com os valores cristãos-judaicos sob os quais os valores da sociedade de nosso país foram construídos.

Nesta semana, a Justiça acatou o pedido da Procuradoria Regional da República para reabrir o caso em que Silas Malafaia foi denunciado por “declarações homofóbicas” que havia sido arquivado.

Para entender melhor assista o vídeo abaixo com o relato do pastor Malafaia sobre o caso:

Defendido

O pastor Silas Malafaia foi bravamente defendido na tribuna da Câmara Federal pelo deputado Sóstenes Cavalcante (DEM-RJ) na tarde desta terça-feira, 02.

Sóstenes que também é pastor, usou a tribuna para defender o pastor Malafaia e disparou que o Procurador tem “usado a caneta do Ministério Público” para realizar “perseguição religiosa.

O deputado ressaltou que é um eterno defensor do Ministério Público, mas não concorda com a decisão “esdrúxula e vergonhosa” do Procurador.

“Eu, a partir desta semana com minha equipe jurídica vamos representar contra vossa senhoria na Corregedoria do Ministério Publico Federal” disse Cavalcante.

VEJA TAMBÉM
Malafaia convoca nação contra projeto de lei que "quer calar juízes e promotores"

Assista abaixo:

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.