Da Redação JM

pastor
Pastor morre após passar 30 dias sem comer tentando imitar Jesus no jejum de 40 dias. Foto: Reprodução

Um pastor Alfred Ndlovu, 44 anos, da África do Sul tentou imitar Jesus Cristo, que jejuou no deserto durante 40 dias e 40 noites para se preparar para o seu ministério como escrito nos evangelhos de Lucas, Marcos e Mateus, mas acabou morrendo antes de conseguir a proeza.

O portal americano The CrhistianPost informou que o pastor morreu de desnutrição depois de suportar 30 dias sem comida e água no deserto sul africano, informação também do site Buzz da África do Sul.

Screenshot (1)
Publicação da matéria sobre a morte do pastor na página do renomado portal Christian Today dos EUA foi bastante curtida. Foto: Reprodução/Facebook

Seu corpo foi encontrado deitado no chão no deserto por um homem que passava pela área. O homem não identificado alertou a polícia, que então informou sua família e congregação sobre o que tinha acontecido.

A morte do pastor veio como um choque para a família, membros da igreja e da comunidade em geral.

“Ele era um homem muito espiritual. É lamentável que ele tinha que morrer dessa maneira. Depois de um mês nós temos a triste notícia de sua morte”, disse um parente próximo.

Ndlovu era muito conhecido em sua igreja e comunidade como uma pessoa muito espiritual “com uma fé que podia mover montanhas”, de acordo com o site Buzz África do Sul.

O pastor teria saído de casa para fazer uma “viagem espiritual” em 17 de junho assim como Jesus, Ndlovu deixou as coisas do mundo para atrás estava buscando a Deus com este propósito, informou.

O pastor não tinha história de doença e estava muito saudável quando ele partiu para a jornada espiritual, de acordo com o site de notícias.

No Novo Testamento, várias passagens referem-se a permanência de Jesus no deserto deserto  após seu batismo por João Batista.

As passagens afirmam que o Espírito Santo conduziu Jesus ao deserto deserto onde foi tentado três vezes pelo Diabo. Jesus recusou as ofertas do diabo e permaneceu fiel à vontade de Deus para sua vida.

Moisés e Elias foram os outros personagens bíblicos que foram para o deserto por períodos de jejum, oração e testes.

Farsa ou verdade?

A história parece ser uma daquelas histórias de internet, tanto que o famoso site e-farsas escreveu um artigo levantando questionamentos sobre o relato curioso desse pastor. Mas o site não conseguiu reunir provas o suficiente para considerar o relato como uma outra falsa noticia da internet, mas somente levantar especulações. Confira AQUI.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.