Durante convenção realizada nesta quinta-feira, lideranças estaduais e regionais do PT oficializaram apoio para a candidatura à reeleição de Ronaldo Dimas
Durante convenção realizada nesta quinta-feira, lideranças estaduais e regionais do PT oficializaram apoio para a candidatura à reeleição de Ronaldo Dimas

O Partido dos Trabalhadores, que integra a Coligação “Araguaína Sem Parar”, realizou sua convenção na noite desta quinta-feira, 4, na Câmara de Vereadores. A sigla oficializou o apoio para a candidatura à reeleição de Ronaldo Dimas (PR), com a presença de lideranças estaduais e regionais.

“Temos compromisso com a democracia, e isso foi decisivo para esta aliança está acontecendo hoje. Araguaína foi campeã na Habitação. Tivemos um prefeito que fez muito. Palmas não fez 10% pela Habitação do que foi feito em Araguaína. O objetivo do PT é somar com a qualidade do seu governo. Teremos condição de enriquecer sua gestão”, apontou o presidente estadual do PT, Júlio César Brasil.

O vice-presidente regional do partido, Célio Moura, declarou que o apoio à coligação foi definido por entender que o melhor para Araguaína é Ronaldo Dimas. “O mandato dele tem beneficiado a população mais carente, foi o prefeito que teve mais capacidade de trabalhar os projetos do Governo Federal, da nossa presidente Dilma Roussef. Hoje Araguaína é modelo. E isso fez com que apoiássemos”, apontou.

“Quando assumimos a luta, somos generais. E que o nosso candidato majoritário seja vitorioso”, disse o vice-presidente do Diretório Municipal, Daniel Barbosa.

Para Ronaldo Dimas, o apoio do PT não se resume apenas às eleições, mas somará para a construção de um plano de governo que melhore ainda mais a vida dos trabalhadores. “Se Deus quiser, vamos implantar na próxima gestão muitas melhorias. Queremos o PT junto conosco, somando para a construção do nosso governo”, afirmou.

VEJA TAMBÉM
Aumenta o número de contratações no Tocantins, segundo Ministério do Trabalho

Dimas ainda citou os números que mostram sua gestão social à frente da Prefeitura. “Não temos nenhuma dificuldade com movimentos sociais. Temos aqui a maior parceria com os movimentos do Estado na Habitação. A presidenta ajudou muito Araguaína e continua ajudando. O que nós conquistamos junto ao Governo Federal foi muito, quase meio bilhão de reais em recursos”, pontuou.

O pré-candidato também falou dos avanços conquistados nos últimos anos em sua gestão que beneficiam diretamente o trabalhador. “Dobramos o número de vagas nas creches, de cinco para doze mil. Pela primeira vez, temos mais vagas do que a demanda. Em setembro, serão entregues mais duas mil as casas do Lago Azul, com completa infraestrutura. Pela primeira vez, a população terá acesso ao lago, que era só de rico e tem espaços de lazer. Na saúde, eram 13 médicos e temos agora 43 com vaga para mais três”, citou.

“Não é fácil conduzir com presteza. Veja o que está acontecendo no Estado, onde houve excesso, e todos estão pagando. Aqui em Araguaína ia acontecer o mesmo. Se não fosse contido os excessos. O que vivenciávamos era uma cidade que crescia e os problemas cresciam junto. É possível crescer com qualidade. Estamos transformando essa cidade”, reafirmou Dimas.

VEJA TAMBÉM
Pastor Elizeu Rodrigues ministra em Araguaína no Vigilhão

Os três candidatados a vereadores da sigla estiveram participando do ato, Paladino, Valdirene e Silvinia. “A cara de Araguaína mudou. De tanta gestão pública nasceu alguém que mudou a cara da cidade. Qual o pai de família que não quer o melhor?”, disse o candidato Paladino sobre o apoio do partido a Dimas.
Valdirene foi bem incisiva e disse não ter dúvidas de que a decisão do partido foi a mais acertada.

Para a candidata Silvinia, que pleiteia o segundo mandato como vereadora, o apoio à coligação mostra que Dimas está no caminho certo. “Tenho as minhas restrições, se ele está fazendo a coisa certa, ótimo, aplaudo. Já conversei com o prefeito, o que precisamos melhorar na Educação. Vamos à luta e à vitória”, comentou.

Além do PR e do PT, na coligação “Araguaína Sem Parar” estão os partidos PRTB, PSB, PSD, PRP, PDT, PTN, PC do B, SD e PROS.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.