image
         Diego participava de cultos na casa dos vizinhos e costumava levar jovens para a igreja

Caridoso e educado, conforme amigos e familiares, Diego Cruz Tobias, 17, só queria ajudar uma amiga a recuperar o celular roubado, na noite de anteontem, na Vila São Paulo, em Contagem, na região metropolitana de Belo Horizonte. No entanto, ao conter um dos suspeitos do crime, o rapaz acabou sendo executado com seis tiros por comparsas do criminoso que voltaram para resgatá-lo. O grupo fugiu, e ninguém foi preso.

Era pouco antes das 19h quando o crime aconteceu na rua Vicente Búfalo. Segundo familiares, Tobias seguia para um culto na igreja evangélica que frequentava quando a amiga foi assaltada. Com a ajuda de outras pessoas, ele conseguiu segurar um dos assaltantes. No entanto, os comparsas do suspeito voltaram e o balearam. A Polícia Militar (PM) informou que o adolescente foi atingido nas costas, nos braços e no peito.

“Eu só ouvi os tiros. Estava na cozinha. Só saí no portão depois que tinha outras pessoas na rua. Duas viaturas do Samu estiveram aqui, mas ele já estava morto. Foram muitos disparos”, contou a aposentada Maria da Glória Santos, 73, moradora do bairro desde a década de 60.

Os suspeitos de ter cometido o roubo e o homicídio seriam os mesmos autores que assaltaram uma padaria do bairro, na última terça-feira, conforme testemunhas disseram aos policiais.

Missionário

O crime deixou chocados os familiares de Tobias. Ontem, ao conversar com a reportagem, o irmão dele, o motorista Carlos Magno Tobias, 27, dizia não acreditar na tragédia. “Quando morre uma pessoa envolvida com o tráfico, você já espera uma notícia ruim. Mas meu irmão era uma pessoa boa, que estava no lugar errado e na hora errada”, lamentou.

Segundo o motorista, o irmão participava de encontros religiosos na casa dos vizinhos e costumava levar jovens para a igreja. Tobias queria ser pastor. “Ele não tinha que ter feito isso. Não era o papel dele, ainda mais por causa de um celular. Mas o dia da gente só Deus sabe”, disse.

Com informações O Tempo via Gospel Geral

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.