Palmas Shoes está em sua segunda edição
Palmas Shoes está em sua segunda edição

Em sua segunda edição em Palmas, a Feira de Calçados Palmas Shoes tem superado as expectativas dos expositores e atraído nova cartela de clientes e aquecido o setor hoteleiro. A Feira é voltada exclusivamente ao setor empresarial e nessa edição traz novas tendências com a coleção primavera/verão.

São mais 60 expositores, com mais de 250 marcas, que normalmente expunham seus produtos na região sul e sudeste do país e que vêm nesta feira regional uma grande oportunidade para expandir os negócios. É o caso da expositora Vera Cristina de Carvalho, da Calçados Bibi (RS), que se surpreendeu com a quantidade de novos clientes que conseguiu.

Comerciantes comemoram as vendas no Palmas Shoes
Comerciantes comemoram as vendas no Palmas Shoes

“Essa é a primeira vez que expomos na região Norte, e estou surpresa com a quantidade de visitantes, e a maioria que nos visita já faz o pedido. E o melhor dessa feira aqui em Palmas é que ela tem o apoio dos lojistas, eles que são os maiores incentivadores”, acrescentou.

Além de calçados, bolsas, mochilas, a feira também traz produtos como relógios e produtos para bebês. Pela primeira vez na Palmas Shoes, a empresa Orient Relógio da Amazônia (SP) trouxe seus produtos por entender que aqui na região existe poucas relojoalherias, mas que a comercialização de relógios é forte em magazines e lojas de calçados e bolsas.

VEJA TAMBÉM
Livros didáticos que falam sobre uso de camisinha, união entre gays geram polêmica no TO

“Estamos conseguindo novos clientes, até porque o nosso produto aqui em Palmas e região é vendido em lojas de sapato e bolsas”, destacou a Rosely Simões, gerente de Marketing da Orient, que garantiu voltar nas próximas edições da feira.

Segundo o organizador da Palmas Shoes, Alessandro Tavares, o intuito do evento que acontece até esta quarta-feira (10) no Centro de Convenções Arnaud Rodrigues, é potencializar o segmento de calçados da região, apresentando o que há de mais moderno e com menor custo benefício.

Aquecimento do setor hoteleirohotel

O setor hoteleiro em Palmas também foi aquecido com os representantes que vieram de várias partes do país. O empresário e dono do Hotel Jardim do Porto, Cleber Porto, informou ao JM Notícia que o fluxo de hospede em seu estabelecimento cresceu em mais de 20%. “Um evento desde porte é muito importante para o setor hoteleiro, o movimento melhora, porque além  dos representantes   das fábricas, os comerciantes do nosso estado e estados vizinhos  estão  aqui para fazer suas compras,  com isso o movimento  melhora muito na nossa cidade”, acrescentou.

VEJA TAMBÉM
Projeto de Moisemar busca prevenir uso de drogas em Palmas

Palmas Shoes

Em sua segunda edição, sendo que a primeira aconteceu no último janeiro, a feira tem conquistado representantes do Maranhão, Pará, Goiás e Bahia.  Além de atender os empresários do Tocantins. A organização estima superar os R$ 30 milhões em negócios prospectados na edição passada.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.