O terceiro lote do Imposto de Renda 2016 e de lotes residuais, de quem caiu na malha fina nos últimos 8 anos, já estão disponíveis nas contas dos contribuintes. A Receita Federal informou que neste terceiro lote de restituição  foram pago mais de R$ 2,52 bilhões, alcançando 1.904.205 contribuintes.

Esse valor do terceiro lote somado aos lotes residuais (para quem caiu na malha fina de 2008 a 2015, mas regularizou a situação junto ao Fisco) totaliza o valor de R$ 2,65 bilhões, que foram pagos  para 1,95 milhão de pessoas só nesse mês de agosto.

Consulta

Para consultar se teve o crédito bancário liberado, o contribuinte pode acessar a página da Receita na Internet , ou ligar para o Receitafone 146. A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que facilita consulta às declarações do IRPF e situação cadastral no CPF. Através do aplicativo é possível consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

VEJA TAMBÉM
Receita não precisa de autorização da justiça para acessar dados bancários

Geralmente, A Receita Federal libera sete lotes do IR a cada ano, entre junho e dezembro. Caso o valor não seja creditado, o contribuinte poderá contatar pessoalmente qualquer agência do BB ou ligar para a Central de Atendimento por meio do telefone 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos) para agendar o crédito em conta-corrente ou poupança, em seu nome, em qualquer banco.

Também é possível acessar na página da Receita, serviço e-CAC, o extrato da declaração e ver se há inconsistências de dados identificadas pelo processamento. Nesta hipótese, o contribuinte pode avaliar as inconsistências e fazer a autorregularização, mediante entrega de declaração retificadora. (Com informações da Receita Federal)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.