Da Redação JM Notícia

claudia-lelisa
Cláudia Lelis, candidata a Prefeita de Palmas – Foto: Divulgação

Ainda não está disponível na página do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a declaração de bens dos candidatos à prefeitura de Palmas, Cláudia Lelis (PV) e Cassius Clay (PSOL). O primeiro balanço de prestações de contas de candidatos e partidos foi divulgado na última sexta-feira, 19.

Em Palmas, dos 6 candidatos postulantes à vaga de prefeito, quatro já apresentaram à Justiça Eleitoral a lista com todos os seus bens, dentre eles estão Sargento Aragão (PEN), Zé Roberto (PT), Raul Filho (PR) e Carlos Amastha (PSB).

Todos os candidatos declararam que irão gastar na campanha até o valor limite determinado pelo TSE, o valor de R$7.765.256,92. Nenhum declarou valor inferior. Com o menor valor de bens declarado está o candidato Zé Roberto, com R$ 457.000,00, Sargento Aragão vem em segundo lugar com valor total de bens declarado de R$ 663.755,87.

Raul Filho declarou ter o valor total de bens declarados de R$12.272.413,48. Já o prefeito e candidato a reeleição, Carlos Amastha, é o mais rico dos candidatos com o total de bens declarados no valor de R$ 21.093.095,53.

VEJA TAMBÉM
Lúcio Campelo denuncia licitação da prefeitura: “Contém materiais supérfluos e preços abusivos”

A página de divulgação do financiamento eleitoral é atualizada diariamente com o recebimento do relatório financeiro de campanha, local em que os gastos eleitorais registrados na prestação de contas também serão divulgados. http://www.tse.jus.br/eleicoes/eleicoes-2016/divulgacao-de-candidaturas-e-contas-eleitorais

Na página, podem ser consultadas informações detalhadas de receitas/despesas agrupadas, como, por exemplo, concentração de despesas e ranking dos maiores doadores e fornecedores do prestador de contas. E, ainda, o histórico de entrega dos relatórios financeiros de campanha. Quando disponíveis, os extratos eletrônicos de campanha e as Notas Fiscais Eletrônicas também serão publicados na mesma página.

amastha-prefeitura
O prefeito de Palmas declarou o total de bens no valor de R$ 21.093.095,53. – Foto: Divulgação

Com a edição da Reforma Eleitoral (Lei nº 13.165/2015), candidatos e partidos políticos são obrigados a enviar à Justiça Eleitoral o relatório financeiro de campanha, a cada 72 horas, contadas a partir do recebimento da doação. (Com informações do TSE)

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.