concurso-mpu-pode-ser-adiado
Os salários variam de R$ 880 a R$ 3,6 mil. O maior é para enfermeiro

A Prefeitura de Brasilândia do Tocantins, a 223 km de Palmas, abriu concurso público para o preenchimento de 141 vagas imediatas e de cadastro reserva. As inscrições iniciaram nesta terça-feira (23) e seguem até dia 25 de setembro e podem ser feita por aqui.

Prefeitura de Brasilândia do TO
Inscriçoes
Até dia 25 de setembro
Vagas
141 para vagas imediatas e de cadastro reserva
Taxa de inscrição
R$ 60 fundamental; R$ 80 médio e técnico; R$ 120 superior
Salário
de R$ 880 a R$ 3,6 mil
Prova escrita
16 de outubro de 2016

O edital pode ser consultado pelo site do Instituto de Capacitação, Assessoria e Pesquisa (Icap), responsável pelo certame. As vagas são destinadas a todos os níveis. Para os cargos de nível fundamental, o valor das inscrições é de R$ 60; para nível médio e técnico, de R$ 80 e para superior é de R$ 100.

Os salários variam de R$ 880 a R$ 3,6 mil. O maior é para enfermeiro. Veja a lista dos cargos abaixo.

As provas devem ser aplicadas no dia 16 de outubro com duração de quatro horas. Os candidatos que se inscreverem para os níveis médio e técnico farão a prova no período matutino. Já os de níveis superior e fundamental responderão as questões no período da tarde.

Veja os cargos disponíveis:

Nível fundamental – auxiliar de obras e serviços urbanos, auxiliar de serviços gerais, merendeira, motorista categoria D, operador de moto niveladora, operador de retroescavadeira, pá carregadeira e trator de pneus e porteiro.

Nível médio – assistente administrativo, assistente de compras, assistente de educação infantil, auxiliar de contabilidade, auxiliar de controle interno, auxiliar de laboratório, auxiliar de recursos humanos, digitador, fiscal de tributos, fiscal de vigilância sanitária, monitor do transporte escolar e recepcionista.

Nivel médio técnico – assistente educacional de multimeio didático, técnico de enfermagem e técnico em informática.

Nível superior – assistente social, bioquímico, enfermeiro, fisioterapeuta, odontólogo, professor de educação infantil, professor de ensino fundamental I e psicólogo.

Com informações G1/TO

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.