maxresdefault
“O que deveria ser uma noite de comunhão com a família e amigos da Igreja se tornou um pesadelo!

O pastor brasileiro Alexandre Pessoa, da Boca Glades Baptist Church, sentiu na pele o ódio de um grupo de pessoas por imigrantes. No sábado (27), ele saiu para jantar com a família e amigos quando um grupo começou a atacá-lo com palavras xenofóbicas no estacionamento do plaza onde fica o restaurante (11419 West Palmetto Park Rd, West Boca Raton). Ele ignorou a agressão e entrou no restaurante. Quando ele retornou ao carro o para-brisa estava cheio de arroz com feijão.

Pastor-brasileiro-foi-alvo-de-xenofobia-em-Boca-RatonEm sua página no Facebook, Alexandre relatou o ocorrido. “O que deveria ser uma noite de comunhão com a família e amigos da Igreja se tornou um pesadelo! Paramos em um mall perto de nossa casa para jantar e fui verbalmente agredido no estacionamento por um grupo de pessoas furiosas que diziam: “Volte para o seu país seu imigrante ****. Você não pertence a este lugar seu ***.” Minha resposta, para evitar qualquer tipo de conflito foi: “Desculpe, eu não entendi o que vocês disseram”.

Logo depois disto, assustado com a atitude agressiva daquelas pessoas, entrei no restaurante decidido a ignorar tudo aquilo e relaxar. Depois do jantar, retornei ao carro com minha esposa e filhos e isto foi o que encontrei, arroz e feijão em todo o para-brisa. Nunca vivi nada assim anteriormente e esta situação triste me mostra como as pessoas estão fora de controle e quanto ódio está a solta neste mundo! Definitivamente precisamos orar e pedir a Deus que tenha misericórdia e nos proteja, pois este mundo está de virado ponta cabeça!”, desabafou Alexandre.

A postagem teve diversos compartilhamentos e ele teve o apoio de amigos, inclusive americanos, que se solidarizaram com o ocorrido. “Muito triste. Isso é de onde vem a palavra ‘ignorante’. Existem esses poucos que agem com ódio e, eu espero, que você nunca mais volte a vê-los. Lembre-se que existem centenas, senão milhares, que respeitam você e sua família. Eu e minha família inclusive”, disse o americano Mark Harding.

Parabrisa-do-carro-com-arroz-e-feijao-jogado-por-manifestantes
Parabrisa do carro com arroz e feijão jogado por manifestantes. Foto: Reprodução

Com informações AcheiUSA

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.