foto tauari e capadocia-1
Durante caminhada que reuniu moradores do Taquari e da Capadócia na tarde desse domingo,11, a candidata a Prefeitura de Palmas, Cláudia Lélis (PV) percorreu ruas, visitou o comércio e cumprimentou moradores dos dois setores. Na ocasião, ela falou do que pretende trazer para os dois setores durante sua gestão à frente da gestão municipal. O evento foi organizada pelo candidato a vereador, pastor Rogério Santos (PRB).

“Sem dúvidas hoje foi um dia histórico, o que era pra ser apenas uma visita ao comércio transformou-se em uma grande caminhada, as pessoas antederam ao nosso chamamento e tomaram às ruas do Taquari e da Capadócia, vinheram expressar seu desejo de mudança e nós vamos corresponder fazendo uma grande gestão, vamos cuidar das pessoas, com políticas que contemple o social e as obras físicas, aqui não vemos a Palmas da televisão, das ruas limpas e gramas verdes, mas, juntos vamos mudar essa realidade“, destacou Cláudia, afirmando que a região foi enganada na última eleição.

Insatisfeita com a atual gestão, a dona de Casa Joelma Silva, moradora do setor Capadócia recebeu a candidata e falou de sua decepção com o poder público municipal. “Estamos abandonados aqui, não temos nada, nem sequer o básico, precisamos de uma gestão que olhe para nós, que cuide das pessoas”, reclamou após agradecer a visita de Cláudia.

VEJA TAMBÉM
Congresso do Movimento Juventude Sem Partido recebe lideranças nacionais em Palmas


Na zona rural

A agenda de Cláudia Lélis, desse domingo, também foi marcada por outras três. Pela manhã, a Pevista esteve reunida com produtores rurais do setor São João e visitou uma propriedade de cultivo de açaí, meio dia, a candidata reuniu-se com moradores da zona rural das margens da TO-020, saída para Aparecida do Rio Negro e finalizou sua agenda participando de um Congresso da Igreja Internacional Rocha Eterna, na 307 Norte.

“Cumprimos uma agenda intensa, porém, muito proveitosa. Todas as reuniões foram importantes, mas eu gostaria de destacar nossa visita aos produtores rurais que tanto trabalham para colocar a comida nas nossas mesas e não têm o apoio necessário. A gente sabe que no campo tudo é mais difícil, isso é notório em todos os assentamentos que temos visitado. Mas tenho observado que eles precisam apenas do básico, apoio, eles querem apenas estradas e apoio técnico para aumentar a produção e garantir sua fonte de renda, mas nem isso vem sendo feito”, afirmou.

VEJA TAMBÉM
“Estamos em processo de independência”, diz vereador Milton Neris

“Precisamos de uma política de preservação das nossas nascentes, pois os nossos filhos e netos irão dar continuidade a esse trabalho de abastecer as nossas mesas. Vamos implantar uma política de atenção aos nossos produtores, isso não pode ser  feito só em época de política como é o caso da nossas estradas que só agora estão sendo patroladas, isso será uma prioridade da nossa gestão, queremos vê todos os nossos mercados abastecidos com o que é produzido aqui, com o trabalho de vocês, esse é o nosso sonho e vamos trabalhar duro para que ele se concretize. Também vamos fortalecer a produção e apoiar o crescimento do cinturão verde, isso vai mudar a nossa história e gerar muitos empregos”, finalizou.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.