Da Redação JM Notícia

celso
Ex-prefeito Celso Eraldo Arruda é barrado pela Lei da Ficha Limpa e coloca a esposa em seu lugar em Pindorama –TO

O ex-prefeito de Pindorama do Tocantins, Celso Eraldo Ayres Arruda sofreu mais uma derrota no campo político e não poderá ser candidato a Prefeito em Pindorama -TO, tendo em vista, que foi barrado pela Lei da Ficha Limpa e teve o pedido de registro  de sua candidatura impugnado com fundamento na Lei Complementar n° 64/90, art. 1°, inciso I, “g”,  por improbidade administrativa, em decisão definitiva do Tribunal de Contas do Estado do Tocantins e da Câmara Municipal de Pindorama.

Celso Arruda teve sua prestação de contas rejeitadas, referente ao período em que exerceu o cargo de prefeito da cidade de Pindorama do Tocantins. As contas do gestor relativas ao exercício de 2006 foram desaprovadas pela Câmara de Vereadores em sessão plenária realizada no dia 04 de agosto de 2016, em acolhimento a um parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE).

Para tentar voltar ao poder, em seu lugar, Celso Arruda colocou a sua esposa, Tatiane Cavalcante Almeida (PMDB) para disputar a Prefeitura contra Silvogas (PSDB), no último dia 12. Atualmente de acordo com informações obtidas pelo JM Notícia, Silvogas (PSDB), estaria liderando a corrida à prefeitura da cidade.

WhatsApp Image 2016-09-14 at 18.17.45Celso chegou a ser nomeado pelo Governador Marcelo Miranda, vice-presidente do Instituto de Terras do Estado do Tocantins (Itertins), mas teve a sua exoneração pedida pelo Ministério Público Estadual (MPE), que apontou sua incompatibilidade para o cargo, por não preencher aos requisitos da Lei da Ficha Limpa .

No dia 18 de dezembro de 2015, o procurador-geral de Justiça, Clenan Renaut de Melo Pereira, enviou ofício ao governador do Estado, Marcelo de Carvalho Miranda (PMDB), requerendo informações sobre as condições de Celso Eraldo Ayres Arruda para exercer o cargo de vice-presidente do Itertins. Como resposta, em 11 de janeiro, o chefe do Executivo informou sobre a exoneração de Arruda, publicada na edição nº 4.532 do Diário Oficial do Estado, datada de 5 de janeiro de 2016.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.