Por Ednilson Correia de Abreu

igreja-vaziaEste texto é de como produzir desigrejados em massa, as 17 sugestões eficazes que eu espero ninguém siga!

O que é um desigrejado? (obs.:este conceito de desigrejados pode ser ampliado e melhorado, mas penso que para os nossos fins ele já nos ajuda a pensar).

Conceituo desigrejados como aquelas pessoas, que após pertencerem a alguma igreja local por um tempo de suas vidas, hoje estão sentindo-se desiludidas com a igreja, e não conseguem mais se ver participando dela. Muitos continuam mantendo uma fé real em Cristo, mas não se sentem mais a vontade institucionalmente em estar numa igreja local devido às experiências negativas por elas anteriormente vividas. E isso não é nada bom.

Vejamos então como uma igreja local pode produzir desigrejados em massa:

1-Faça da igreja uma comunidade com um discurso belo e uma prática funesta;

2-Pregue somente sermões superficiais que agradem o maior número possível de pessoas, e o faça sempre esperando elogios pessoais efusivos;

3-Continue pregando somente estes tipos de sermões que agradam a carne; e sempre usando muitos chavões ditos evangélicos;

4-Encare a fofoca, a hipocrisia, o agir tendencioso e outros pecados não tratados como estilo de vida normal e esperado no seio da igreja, e nunca mexa com eles;

5-Preocupe-se em fazer de cada culto uma apresentação (musical, retórica e etc) se possível, sempre um verdadeiro show;

6-Não permita jamais que a sinceridade crie raízes no seio da congregação, encoraje as pessoas a usarem bem suas mascaras pessoais; quanto mais hipócrita melhor;

7-Nunca ensine sobre conversão, amor cristão, relacionamentos reais, arrependimento radical, partilha verdadeira ou serviço sacrificial, santidade e amor;

8-Faça de valores como lucro, conforto, consumo, comodismo, ambição material, ter no lugar de ser os valores ocultos e vitais da igreja;

9-Ignore os que enfrentam crises e lutas pessoais, encoraje sempre o triunfalismo ufanista no meio da igreja;

10-Nunca encoraje o povo a pensar, acostume-os a sempre buscarem e desejarem respostas prontas e de preferência com você;

11-Procure sempre criar bastantes eventos sem propósitos para manter o povo no ativismo irrefletido;

12-Enfatize fortemente a igreja como instituição e nunca como organismo ou comunidade;

13-Como pastor sênior seja sempre um referencial de sucesso mundano e nunca demonstre fraquezas ou humanidade;

14-Ensine ao povo que quem tem mais é porque é mais abençoado e quem tem menos tá devendo a Deus;

15-Nunca abra espaço para o verdadeiro agir do Espírito Santo no meio do povo, mantenha carnalmente o controle sobre tudo e sobre todos o máximo que puder;

16-Descarte rapidamente qualquer pessoa que tente resistir a tudo isso ou clame por mudanças bíblicas na igreja, estigmatize-o logo para que ele não ajunte seguidores;

17-E finalmente deixe Jesus do lado de fora da igreja, ignore totalmente qualquer mover do Espírito na igreja, ignore firmemente as Escrituras subjetivando-a, selecionando-a, reinterpretando-a ou simplesmente manipulando-a a seu bel prazer e certifique-se de que quem manda na estrutura toda é você ou uma oligarquia bem obtusa e carnal na igreja.

Creio que uma comunidade assim produzirá fácil e rapidamente uma geração de desigrejados em massa. Infelizmente isso já está ocorrendo.

Que Deus tenha misericórdia de nós e de nossos filhos e nos ajude a sermos igreja de Jesus de verdade, sempre, pois a igreja é a única esperança para este mundo, quando ela é fiel ao seu verdadeiro cabeça: Jesus Cristo.

Por Autor: Ednilson Correia de Abreu / www.institutojetro.com

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.