Padre
Padre Rodrigo Maria, em um de seus vídeos divulgados pela internet – Reprodução

Em um vídeo de dez minutos, que circula em redes sociais favoráveis a candidatos de linha conservadora, o padre Rodrigo Maria, de Goiás, orienta os eleitores católicos a não votarem em partidos de “índole marxista, comunista, socialista e abortista”. E que defendem ideologia de gênero “gayzista”, o aborto e a legalização das drogas. Abertamente, o padre recomenda que fiéis não votem em candidatos dos partidos PT, PCdoB, PSOL, PSTU e PCO. O religioso diz que não se pode escolher postulantes dessas legendas, mesmo que os candidatos sejam Madre Teresa de Calcutá, sua mãe, seu irmão ou qualquer outro parente querido.

— É preciso analisar independentemente quem seja o candidato. Pode ser uma pessoa extremamente caridosa, que se diga cristão, que vá a missa todos os domingos. Mas se candidatou por um partido de índole marxista, não pode ser escolhido. Ainda que fosse uma pessoa como Madre Teresa de Calcutá, se se candidatasse por um partido marxista, comunista e abortista, não pode ser votada por um cristão. Ainda que fosse sua mãe, ainda que fosse seu irmão, ou um parente muito querido. Se contraria nossa fé não pode ser votado. Se quiser ter coerência com Cristo com sua fé cristã — diz o padre no vídeo.

Mas, no início da gravação, o religioso diz que a Igreja Católica não tem partido, não faz política partidária, mas tem princípios que a orienta. E, na sequência, o padre Rodrigo Maria recomenda votos em alguns partidos, como PSC, DEM e PMDB, que apresenta como “neutros”.

— Partidos considerados neutros são aqueles que no seu programa não contrariam e nem ferem a fé cristã. Há partidos que são neutros. O PSD, o DEM, o Novo e o PMDB. Não quer dizer que todos os candidatos apresentados por estes partidos sejam bons. Não são. Dentro desses há quem defenda aborto, a ideologia do gênero. Não basta que seja alguém apenas contra o aborto. É preciso olhar o passado. Não sobrará muita coisa, de fato — afirma o padre.

Assista a um dos vídeos do padre:

Com informações O Globo

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.