142714_144554_1
“Coloque Deus à frente dos seus problemas e faça a sua parte; doe-se, agrade o seu companheiro”. Foto: Reprodução

Muitas pessoas foram pegas de surpresa com a notícia, há alguns dias, da separação do casal de atores mais renomados de Hollywood (Estados Unidos): Brad Pitt, de 52 anos, e Angelina Jolie, de 41, casados há 12 anos e pais de seis filhos: Maddox, de 15 anos; Pax, de 12; Zahara, de 11; Shiloh, de 10; e os gêmeos Vivienne e Knox, de 8.

A decisão teria partido de Angelina. A mídia chegou a divulgar que o pedido de divórcio seria em decorrência de um caso extraconjugal do ator com a atriz francesa Marion Cotillard, de 40 anos, com quem ele contracena em “Allied”, gravado em Londres, na Inglaterra. Porém, Marion desmentiu os boatos, afirmando que está muito bem casada.

Angelina disse apenas que a motivação seria o mal comportamento de Pitt. Fontes afirmam que teria havido uma discussão no avião particular do casal no dia anterior ao anúncio da separação, quando ele, bêbado, teria sido agressivo com um dos filhos.

Porém, essa história pode não acabar por aqui. É que Pitt estaria arrependido e disposto a salvar o seu casamento. Segundo o site norte-americano Hollywood Life, fontes próximas à Angelina afirmam que ela está disposta a reconsiderar a decisão se ele passar 90 dias em tratamento de reabilitação por causa de vícios.

VEJA TAMBÉM
Bianca Toledo anuncia separação por caso de homossexualidade e pedofilia do marido

Relacionamento fortalecido

O divórcio, independentemente de ser com alguém famoso ou não, deixa evidente que muitos casais não estão conseguindo driblar os problemas e suportar qualquer tipo de pressão. Tudo passa a ser mais forte que o amor, que a própria união, a família.

O apresentador do programa “The Love School – A Escola do Amor”, Renato Cardoso, assegura que para manter o relacionamento a dois fortalecido e abençoado há um segredo: “Ninguém pode ser feliz no amor sem se sacrificar”, alerta.

Segundo ele, não há como um casamento funcionar sem entrega, sem que haja doação de ambas as partes. “A pessoa precisa se casar com o corpo, ou seja, com o físico, e ser fiel àquela pessoa. Mas também deve haver o casamento de almas, em que você vai se abrir para essa pessoa e não guardar segredos”, explica o apresentador.

Não se case pensando que se algo não der certo basta se separar. Nos momentos de dificuldade, lute pela relação. Coloque Deus à frente dos seus problemas e faça a sua parte; doe-se, agrade o seu companheiro. Sacrifique-se como Jesus se sacrificou e se entregou pela Igreja, que somos nós. “Jesus fez o que fez pela Igreja para salvá-la do pior”, destaca Renato.

VEJA TAMBÉM
Veja dez celebridades que não acreditam em Deus

E você, tem pensado em se divorciar porque não aguenta mais os problemas da vida a dois? Será que você tem se sacrificado pela sua relação? Brad Pitt parece estar disposto a isso.

Por Débora Picelli

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.