jornalista
Fernanda Gentil separa do marido e assume assume namoro com uma jornalista

Mais um caso polêmico que abalada as famílias tradicionais no Brasil. A jornalistaFernanda Gentil separou recentemente do marido, o empresário Matheus Braga e assumiu namoro com a jornalista Priscila Montandon, de 34 anos, há três meses.  As duas estiveram recentemente na Grécia.

“Estou só exercendo meu direito de ser muito, muito feliz. Tenho apenas um recado, e é para os meus filhos, que mais cedo ou mais tarde podem ler ou ouvir tudo por aí: Lembrem de não se importarem com tudo o que dizem sobre nossa vida _ o que vale é que a mamãe fala com vocês em casa, olhando nos seus olhos. Não é o que vestimos que muda quem somos, e sim o que fazemos. Lembrem também, sempre, do nosso amor, que não tem cor, sexo ou raça. Amo vocês”, disse a apresentadora do Esporte Espetacular.

REFLEXÃO:

22 Não te deitarás com um homem como se deita com uma mulher. Isso é abominável!23 Não te deitarás com animal algum; tu te tornarias impuro. A mulher não se entregará a um animal para se juntar a ele. Isso é igualmente uma impureza”. Levítico: 18-22

Romanos 1:26-28, “Pelo que Deus os entregou a paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural no que é contrário à natureza; semelhantemente, também os varões, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para como os outros, varão com varão, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a devida recompensa do seu erro. E assim como eles rejeitaram o conhecimento de Deus, Deus, por sua vez, os entregou a um sentimento depravado, para fazerem coisas que não convêm“.

A homossexualidade é claramente condenada pela Bíblia. Ela vai contra a ordem estabelecida por Deus. Ele criou Adão e então fez uma mulher. Isto é o que Deus ordenou e é o que é correto. Diferente de outros pecados, a homossexualidade tem um julgamento severo administrado pelo próprio Deus. Este julgamento é simples: eles [os praticantes de tal pecado] são entregues às suas paixões. Isto significa que é permitido que seus corações sejam endurecidos pelos seus pecados (Romanos 1:18ss). Como resultado, eles não podem mais ver o erro que estão fazendo. Sem uma consciência de sua iniqüidade, não haverá arrependimento e confiança em Jesus. Sem Jesus, eles não terão perdão. Sem perdão, não há salvação.

Como deve ser a Resposta Cristã ao Homossexual?

Simplesmente porque alguém é um homossexual, não significa que não possamos amá-lo ou orar por ele. A homossexualidade é um pecado e como qualquer outro pecado, ele necessita ser tratado com o único modo possível. Ele precisa ser deixado aos pés da cruz; deve haver arrependimento e abandono do mesmo.

Como cristão, você deve orar pela salvação do homossexual, da mesma forma como você ora por qualquer outra pessoa em pecado. O homossexual ainda é alguém feito à imagem de Deus – embora ele esteja em grave pecado. Portanto, você deve mostrá-lo a mesma dignidade que você demonstra para com outros com quem tem contato. Contudo, isto não significa que você deve aprovar o seu pecado. Não comprometa seu testemunho por uma opinião sociavelmente aceitável, que é vazia de piedade.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.