Pastor Presidente, Sebastião Rodrigues de Souza,

Representantes da Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém, em Cuiabá, reuniram-se com o governador Pedro Taques para declarar que seus membros estão livres para fazer a melhor escolha à Prefeitura de Cuiabá.

A igreja evangélica tem milhares de membros nas dezenas de congregações nos bairros de Cuiabá.

Atuante, além de levar e propagar a Palavra de Deus, a Igreja Evangélica Assembleia de Deus Ministério Belém desenvolve também diversas ações sociais e educativas no estado.

O Pastor Presidente, Sebastião Rodrigues de Souza, em reunião, posicionou ao governador Pedro Taques e ao secretário Paulo Taques, que “o voto é livre e democrático. Assim, os membros da Igreja Assembleia de Deus têm a liberdade para as suas reflexões e escolha consciente do candidato em que votar para prefeito de Cuiabá neste segundo turno da eleição”.

O governador Pedro Taques reconheceu a importância do trabalho sério e solidário realizado pela Igreja. “O Pastor Sebastião é um grande líder e sua postura democrática nos faz admirá-lo ainda mais. Além do principal, que é pregar a Palavra de Deus, as ações pastorais e sociais da Igreja Assembleia de Deus na vida de tanta gente, e por tantos anos, refletem isso claramente. O Pastor Sebastião Rodrigues e a Igreja que preside tem todo o meu respeito!”.

Para o vice-presidente, Pastor Rubens Siro de Souza, “o exercício da cidadania é um direito, uma conquista”, disse.

“A Igreja Assembleia de Deus está atenta e sabemos a importância deste momento de escolha eleitoral. Ao posicionarmos pela liberdade de escolha, estimulamos a responsabilidade de cada um”, completou o Pastor. Com informações Mato Grosso Mais

SEGUNDO TURNO

Emanuel Pinheiro e Wilson Santos disputam o segundo turno em Cuiabá

O segundo turno das eleições para prefeito de Cuiabá será disputado entre os candidatos Emanuel Pinheiro (PMDB) e Wilson Santos (PSDB). Emanuel Pinheiro recebeu 98.051 votos, o que corresponde a 34,15% dos votos válidos. Já Wilson Santos teve 81.531 votos, o equivalente a 28,40%. O terceiro colocado, Procurador Mauro (PSOL) recebeu 71.336 votos.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.