mec (1)O Mistério da Educação liberou, na tarde desta quarta-feira (19), a consulta aos locais de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016. Os candidatos e candidatas já podem consultar, pelo site http://enem.inep.gov.br/participante/, seu cartão de confirmação, para saber qual é o endereço em que farão as provas.

O ministro da Educação, Mendonça Filho, disse que há 181 escolas listadas como locais de prova do Enem e que, segundo monitoramento do MEC, estavam ocupadas nesta tarde por estudantes secundaristas em protestos contra a reforma do ensino médio e a PEC 241, que trata do teto dos gastos públicos.

O ministro ameaçou cancelar o Enem nessas escolas caso elas não sejam desocupadas até 31 de outubro. Os alunos afetados teriam que fazer os exames, ainda neste ano, em data posterior. De acordo com o governo federal, essas 181 escolas estão em 82 cidades de 11 estados brasileiros, e 95 mil candidatos inscritos no Enem podem ser afetados pelos protestos.

Entenda o cartão de confirmação

  • Como ele será acessado? O Enem 2016 tem 8.627.195 candidatos inscritos. Nenhum deles receberá o cartão pelos Correios – ele será enviado por e-mail e SMS, e poderá ser consultado pelo site do Enem, ou pelo app oficial.
  • É obrigatório levar o cartão impresso no dia do Enem? Não. Os únicos materiais obrigatórios no dia do Enem são o documento com foto e caneta esferográfica de tinta preta, fabricada em material transparente. Ainda assim, o Inep recomenda que o aluno leve o documento, já que ele tem todas as informações importantes para cada candidato.
VEJA TAMBÉM
Inscrições para o Enem terminam nesta sexta
  • O que diz o cartão? A principal informação contida no cartão é o endereço exato em que cada participante fará o Enem. Há três campos que devem ser observado: o primeiro é o local de realização do exame, que diz respeito ao nome da instituição que servirá de local de provas nos dias 5 e 6 de novembro. A segunda informação é o endereço desta instituição. Por fim, a terceira informação importante para os candidatos se localizarem é o número da sala em que eles farão as provas.
  • Que outros dados estão no cartão? Além do local de provas, é no cartão de confirmação que os candidatos poderão checar os outros detalhes de sua inscrição, como, por exemplo, a língua estrangeira escolhida (inglês ou espanhol), e se o candidato receberá algum tipo de atendimento especial (como prova ampliada, para pessoas com baixa visão) ou específico (como fazer a prova após o pôr-do-sol no sábado, no caso dos sabatistas, ou usar um nome social, no caso dos candidatos e canditadas transexuais e travestis). Nesses casos, o atendimento está indicado abaixo do endereço das provas, conforme indica o exemplo abaixo, de um candidato transexual de Minas Gerais:
VEJA TAMBÉM
Enem: travestis e transexuais já podem solicitar uso do nome social
O cartão de confirmação do Enem 2016 também indica se o candidato terá direito a atendimento especializado ou específico (Foto: Reprodução)
O cartão de confirmação do Enem 2016 também indica se o candidato terá direito a atendimento especializado ou específico (Foto: Reprodução)

Caso haja algum problema, o Inep afirma que os participantes podem entrar gratuitamente em contato pelo telefone 0800-616161.

Provas

Neste ano, as provas serão realizadas nos dias 5 e 6 de novembro. No primeiro dia, sábado, o candidato terá 4 horas e 30 minutos para responder questões de ciências humanas e de ciências da natureza. No domingo, ele terá 5 horas e 30 minutos para as perguntas de linguagens, códigos e suas tecnologias, matemática e redação.

Os portões serão abertos às 12h e fechados às 13h, no horário de Brasília. As provas começarão, nos dois dias, às 13h30. Os gabaritos oficiais das questões objetivas serão divulgados pelo Inep até o dia 9 de novembro. Já os resultados ainda não têm data marcada para serem apresentados.

Horário de Brasília x horário local

A hora de fechamento dos portões do Enem é a mesma para todo o Brasil, e segue o horário oficial de Brasília. Porém, por causa do horário de verão, os estados brasileiros estão em quatro fusos horários diferentes – isso quer dizer que, quando for 13h em Brasília, o relógio em alguns estados pode marcar 12h, 11h ou até 10h. Com informações G1

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.