Por Rubens Gonçalves

jairo
Prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano

Disputa tem, neste momento, entre 8 e 9 candidatos; Jairo Mariano, prefeito de Pedro Afonso, é um deles.

 PRETENSOS CANDIDATOS

Está sendo travada – nos bastidores – uma intensa disputa pela presidência da Associação Tocantinense de Municípios (ATM). De acordo com o atual presidente da entidade, João Emídio, são pelo menos oito ou nove pretensos candidatos. Prefeito de Brasilândia, Emídio está no segundo mandato consecutivo, de prefeito. Portanto, está fora das eleições da Associação, marcada para fevereiro de 2017.

APOIO

 Questionado pela coluna sobre o possível apoio a um dos pretensos candidatos, o gestor disse que, por enquanto, está apenas acompanhando o processo. Porém, poderá vir a apoiar algum nome, mas só a partir de 1º de janeiro, quando tomarão posse os novos prefeitos e os reeleitos. 

JAIRO MARIANO

O prefeito reeleito de Pedro Afonso, Jairo Mariano (PDT), saiu à frente na disputa pela presidência da ATM. No dia seguinte à sua reeleição, ele já estava na estrada, visitando os prefeitos e mostrando seus projetos para a entidade. Para isso, afastou-se definitivamente do cargo de diretor administrativa da ATM. “Muitos usam [a ATM] como trampolim político. Não é o meu caso, pois não serei candidato a deputado estadual, em 2018. Nossa meta é dar um caráter técnico, e não apenas político, à nossa associação”, garantiu o prefeito, em breve entrevista à coluna.

CORTANDO CUSTOS

A Câmara Municipal de Palmas está reduzindo o número de assessores parlamentares dos gabinetes dos vereadores. Fontes da Casa de Leis dão conta de que, em média, estão sendo “cortados” R$ 5 mil de verba, de todos os gabinetes. Cada um dos 19 vereadores tem direito a R$ 27.810 para a contratação de assessores.

 RECOMENDAÇÃO

O corte de gastos com pessoal na Câmara Municipal de Palmas atende a uma recomendação do Ministério Público Estadual. Em agosto deste ano a instituição recomendou a redução do “número excessivo” de servidores comissionados. Dados do próprio Legislativo da Capital mostram que a Casa tem 463 cargos em comissão, e apenas 31 efetivos.

 CONCURSO DA CÂMARA

Além das exonerações, foi criada uma comissão especial para a realização de concurso público na Câmara Municipal. O assunto estaria sendo “amplamente discutido” para evitar polêmicas e questionamentos, como os que envolvem o certame da Assembleia Legislativa, cujas inscrições foram abertas nesta quarta-feira, 19.

CONCURSO DA ASSEMBLEIA

De acordo com informações da Diretoria de Comissão da Assembleia Legislativa, nesta quarta-feira, 19, o deputado José Bonifácio (PR) apresentou um projeto de Decreto Legislativo no qual propõe a suspensão do concurso da Casa, bem como o cancelamento do edital do certame. A matéria recebeu a assinatura de 12 parlamentares e foi encaminhada pelo presidente do Parlamento, Osires Damaso (PSC), para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação.

 BALDE DE ÁGUA FRIA

Em entrevista a uma emissora de TV de Palmas, o secretário estadual de Fazenda, Paulo Antenor, disse que, caso o Estado atenda as reivindicações dos sindicatos que representam os servidores, seria um “ato de improbidade” e de “irresponsabilidade”. Estas e outras declarações do gestor caíram como verdadeiro balde de água fria na cabeça dos servidores estaduais. Em greve há mais de 70 dias, eles cobram o pagamento da data-base de 2016.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.