Hoje Hill-Perry é casada com o também artista Preston Perry, e juntos têm uma filha. (Foto: Washington Times)
Hoje Hill-Perry é casada com o também artista Preston Perry, e juntos têm uma filha. (Foto: Washington Times)

Jackie Hill-Perry, uma rapper cristã norte-americana, é a prova viva de que os homossexuais podem mudar com o amor e a orientação da liderança da igreja. Depois de conversar com seus líderes, ela percebeu que sua luta não era apenas contra o lesbianismo, mas também contra erros de seu caráter como o ódio, a amargura, a preguiça, a gula, a falta de generosidade, o orgulho.

“O que mais me ajudou é que a minha liderança não isolou a minha atração por pessoas do mesmo sexo daquilo que eu realmente era”, disse ela em entrevista ao site The Gospel Coalition. Hill-Perry disse que finalmente percebeu que “havia falhas nela muito mais profundas que apenas a sexualidade”.Hoje Hill-Perry é casada com o também artista Preston Perry, e juntos têm uma filha. A mudança aconteceu em um longo processo desde sua conversão, em 2008, a partir do momento em que ela percebeu que só Jesus poderia preenchê-la.

“Quando pude ver que tudo o que eu precisava era de Jesus, que tudo em mim precisava ser restaurado e tudo em mim precisava ser disciplinado, foi o que me ajudou. Porque no nível de humilhação onde eu estava, eu dizia: ‘Eu estou realmente confusa, porque esta não é uma parte de mim. Isso é tudo de mim’. Eu sou capaz de seguir a Jesus e sei que Ele pode me corrigir”, disse ela.

A rapper escreveu vários artigos sobre o cristianismo e a homossexualidade depois de sua conversão, mas o que mais repercutiu foi escrito em 2013, quando o rapper norte-americano Macklemore lançou a música “Same Love”, que diz que os homossexuais não podem mudar. Em resposta, ela escreveu: “A palavra de Deus, em si, atesta que as pessoas podem mudar”.

“Se a palavra de Deus é a palavra de Deus, então temos que lidar com isso e acreditar que é verdade. Acho que diminuiríamos o poder de Deus se acreditássemos que ele não pode mudar as pessoas. Se ele pode criar a lua, as estrelas e uma galáxia que mal compreendemos plenamente, como ele pode, simplesmente, não conseguir mudar os desejos das pessoas?”, questionou ela na ocasião.

Hill-Perry ressalta que todas as pessoas com desejos homossexuais têm capacidade para superá-los. “Se Deus escolhe não mudar meus desejos, ele prometeu me dar o Seu Espírito Santo para me ajudar a fugir deles”, disse ela.

“Há pessoas que foram alcoólatras por 20 anos, passaram por uma reabilitação e hoje não bebem mais, mas às vezes podem ser tentadas. Se eles vêem uma garrafa de uísque, eles podem até querer, mas eles têm um escolha”, explica.  FONTE: GUIAME, COM INFORMAÇÕES DE CHRISTIAN TODAY

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.