Prefeito de Palmas, Carlos Amastha - Foto: Júnior Suzuki
Prefeito de Palmas, Carlos Amastha – Foto: Júnior Suzuki

O prefeito Carlos Amastha e mais seis prefeitos brasileiros ligados à Federação Nacional de Prefeitos (FNP) viajam rumo à Barcelona (Espanha) para participar do Smart City Expo & World Congress, evento internacional que acontece de 15 a 17 de novembro e que promove discussões importantes sobre cidades inteligentes, sustentabilidade e tecnologia.

“É mais uma oportunidade para conhecer boas experiências voltadas para o desenvolvimento sustentável, compartilhar o que estamos fazendo e se possível trazer mais investimentos para a nossa Capital”, ressaltou Amastha.

Além do prefeito Amastha, compõem a comitiva os prefeitos de Aparecida de Goiânia (GO), Maguito Vilela, vice-presidente da FNP; de Porto Alegre (RS), José Fortunati, vice-presidente de Relações Institucionais; do Rio de Janeiro (RJ), Eduardo Paes, vice-presidente de Relações com o Congresso Nacional; de Divinópolis (MG), Vladimir Azevedo, vice-presidente de Gestão Pública; de Três Rios (RJ), Vinicius Farah, vice-presidente de Desenvolvimento Econômico Local; e de Manaus (AM), Arthur Virgílio.

Os custos da viagem são financiados pelo convênio da FNP com Smart City Expo & World Congresso.

VEJA TAMBÉM
Em Brasília , Amastha se reúne com ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio

Os prefeitos além de participar da programação do evento ainda farão visitas técnicas ao 22º Distrito Comercial, Ecoparc (tratamento de resíduos sólidos) e Barcelona Activa (projeto de fomento e apoio a micro e pequenas empresas).

Smart City

Com a primeira edição realizada em 2011, o congresso internacional já se tornou um evento global de referência, que apoia o desenvolvimento das cidades e discute principalmente sobre cidades e cidadãos inteligentes, associados com outras temáticas como: governança, economia, mobilidade, sociedade, sustentabilidade e tecnologia.

No evento, especialistas e líderes, incluindo representantes de cidades de todo o mundo, empreendedores sociais, startups, centros de pesquisa e iniciativas de cidadãos apresentam suas estratégias para um mundo urbano mais inteligente e sustentável. (Com informações FNP)

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.