Blackwell comparou casais do mesmo sexo com animais de fazenda, dizendo que a homossexualidade "desafia a lógica do curral".
Blackwell comparou casais do mesmo sexo com animais de fazenda, dizendo que a homossexualidade “desafia a lógica do curral”.

Para cuidar das primeiras políticas em relação a questões internas dos EUA no início do governo, a equipe de transição de Trump escolheu o ex-secretário de estado de Ohio, Ken Blackwell.

O nome não diz muito, mas o histórico chama atenção: pesquisador do Family Research Council (organização lobista cristã que atua contra políticas pró-LGBT, direitos de aborto e pornografia), ele causou polêmica quando concorreu ao governo de seu estado.

— Acho que a homossexualidade é um estilo de vida. É uma escolha, e este estilo pode ser mudado. Acho que é uma transgressão contra a vontade de Deus. Acredito que fazemos boas e más decisões em termos de estilo de vida. A genética de uma pessoa pode torná-la mais propensa a provocar incêndios ou ser cleptomaníaca. Se acho que isto pode ser mudado? Sim.

Em outro ponto durante essa campanha, Blackwell comparou casais do mesmo sexo com animais de fazenda, dizendo que a homossexualidade “desafia a lógica do curral”. Com informações O Globo

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.