vilmar-dodetranO presidente estadual do Solidariedade, deputado Vilmar, esteve neste último final de semana em São Paulo para apresentar à direção nacional do partido um balanço das eleições de 2016, discutir nova estrutura organizacional e estabelecer metas que vão até 2026. A Executiva Nacional do Solidariedade tem se reunido individualmente com presidentes e dirigentes de todos os estados do País para tais discussões. Neste final de semana, o encontro foi com os presidentes do Solidariedade da região Norte.

À direção, Vilmar destacou que o partido conseguiu eleger cinco prefeitos e quatro vice-prefeitos no estado. O partido também garantiu representatividade nos Legislativos Municipais por meio da eleição de 62 vereadores em 45 diferentes cidades.

O presidente nacional do Solidariedade, deputado federal Paulinho da Força, explicou a todos, que optou em atender os estados individualmente para poder dar mais atenção a cada necessidade e estrutura. Ele também reforçou que as metas estabelecidas pelo partido são ousadas e precisará da colaboração e empenho dos dirigentes para que o Solidariedade consiga estar entre os partidos considerados grandes no Brasil.

VEJA TAMBÉM
AL aprova requerimento que pede a retomada dos serviços do Banco do Brasil em Araguatins

Além de estabelecer metas para número de filiados, foram apresentadas também prospecções para cargos eletivos. Como as eleições municipais acabaram de ocorrer, é esperado que o Solidariedade faça mais de 4 mil vereadores em 2024, assim como 516 prefeitos e 768 vices. Para as eleições estaduais e federais, o partido espera alcançar 99 deputados estaduais até 2026 e 53 federais.

Apesar de um notório crescimento do Solidariedade em todo País, os números atuais são bem diferentes da meta para 2026. O número de filiados gira em torno de 200 mil. As eleições deste ano renderam 1.438 vereadores, 63 prefeitos e 140 vices. Além de atualmente contar com 20 deputados estaduais e 14 federais.

Encontro nacional dos prefeitos do Solidariedade

Nos próximos dias 29 e 30 de novembro, Vilmar vai a Brasília com os cinco prefeitos eleitos de seu partido no Tocantins para participarem do Encontro Nacional de prefeitos do Solidariedade e da Fundação Primeiro de Maio. Na ocasião, os novos gestores terão a oportunidade de ter uma visão mais panorâmica do partido e receberão orientações para otimizar o processo de gestão do município. Assuntos como orçamento, lei de responsabilidade fiscal, licitações e emendas parlamentares estarão em discussão.

VEJA TAMBÉM
Para Sandoval e Vilmar do Detran, Wanderlei Barbosa reúne condições para vencer as eleições em Palmas

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.