Da Redação Ricardo Costa

Deputado Ricardo Ayres cotado para Habitação - Foto: Lourenço Bonifácio
Deputado Ricardo Ayres cotado para Habitação – Foto: Lourenço Bonifácio

Apesar de dizer que permaneceria com a mesma equipe na próxima gestão, o Prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB), iniciou discussão sobre alguns nomes que irão compor a nova gestão em 2017.

Com a rejeição do Governador Marcelo Miranda (PMDB) em alta, Siqueira Campos (PSDB) fora da disputa, Osires Damaso recuando da corrida ao Palácio Araguaia e Vicentinho Alves sinalizando que pode ir à reeleição, Amastha tem se tornado o favorito às eleições de 2018.

Por isso, tem trabalhado a possibilidade de mudar alguns nomes no município. Quem é cotado para compor o secretariado é o deputado Ricardo Ayres (PSB), aliado do prefeito na Assembleia Legislativa. Ele é cotado para assumir a pasta da Habitação. Com a saída de Ayres da Assembleia, Alan Barbieiro, presidente do PSB municipal, pode assumir vaga de deputado. Questionado pelo JM Notícia, se pode de fato ir para o município,  Ayres diz desconhecer tal articulação, no entanto, diz que é um soldado.

Quanto à vice-prefeita eleita, Cinthia Ribeiro (PSDB), cogita-se que pode assumir a pasta do Desenvolvimento Econômico e Emprego. Já o secretário de Finanças, Cláudio Schüller, alvo de três operações da Polícia Federal nos últimos meses, pode deixar a gestão, segundo fonte do JM Notícia.

VEJA TAMBÉM
Marcelo Miranda e embaixador de Belarus discutem possibilidades de parcerias

“Por enquanto ele deve ficar; caso surja algo muito forte contra ele, é natural que deixe a pasta”, disse a fonte.

SENADO

marcelo miranda
Marcelo Miranda de olho no Senado em 2018.

Já são fortes os rumores de que o Governador Marcelo Miranda vá disputar de fato uma cadeira no Senado da República em 2018. A vice-governadora, Cláudia Lelis (PV) pode ser a opção para disputar o Governo do Estado.

GOVERNO

A senadora Kátia Abreu (PMDB), já iniciou as articulações no interior para as eleições de 2018. Ela deve disputar o Governo, tendo como fortes candidatos, o prefeito de Palmas, Carlos Amastha e provavelmente, a vice-governadora Cláudia Lelis.

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.