14355030_1138990502856976_8021020124602463254_n-e1474856943317
Produção audiovisual foi dirigida por KondZilla

O rapper e compositor Pregador Luo liberou hoje um novo videoclipe em seu canal na plataforma de vídeos VEVO. Trata-se de “Blindadão”, uma das canções que fazem parte do álbum Governe!, quinto disco da carreira solo do músico paulista, lançado em 2015 pela Universal Music.

A canção, que versa sobre proteção divina, é conduzida com influências do funk carioca e do techno. As imagens foram dirigidas por KondZilla, que já trabalhou com artistas e bandas como Racionais MCs, Charlie Brown Jr., MC Guimê, Karol Conka e MC Bin Laden.

“Tá no ar família! Tô muito feliz com o resultado do vídeo BLINDADÃO. Espero que vocês sejam abençoados e peguem a visão. Inovação faz parte do rap e eu sigo inovando. Firmeza na Rocha!”, disse Pregador Luo, por meio de uma publicação em sua página no Facebook.

A novidade da parceria entre Luo e KondZilla foi anunciada ainda em setembro deste ano. Juntos, produziram também o videoclipe de “Rolê da Consciência”, lançado há seis meses e que, até o presente momento, soma quase dois milhões de visualizações na VEVO.

VEJA TAMBÉM
IIR realiza Conferência Xtreme Teen-Awards em agosto; Pregador Luo ministra

Governe!

Disco mais recente da carreira de Luo, Governe! foi bem recebido e considerado um “retorno às origens” do cantor. “Eu acho que ele é voltado exatamente para o que o hip-hop deve ser. É crítico, contestador, mas também não fica somente neste discurso, e sim em todos que a cultura do hip-hop tem abrangido nos últimos anos”, disse o cantor, em entrevista ao Super Gospel.

“Muitas pessoas que me acompanham e esperavam um rap mais pesado e de raiz aprovaram bastante o disco. E eu gosto quando as pessoas fazem algum tipo de crítica construtiva, ou seja, mostrar suas opiniões. Os elogios tem sido praticamente unânimes. Estou realmente feliz por isso”, disse o intérprete, na ocasião.

Assista o videoclipe de Pregador Luo, “Blindadão”:

Gospel Prime

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.