agua-tocantins
O Qualiágua busca promover implementação da Rede Nacional de Monitoramento da Qualidade de Água Foto: Rui Faquini/Agência Nacional de Águas

A Agência Nacional de Águas (ANA) firmou acordo que estabelece repasse de R$ 1,16 milhão à Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Semarh) de Tocantins até dezembro de 2021.

O repasse será feito no âmbito do Programa de Estímulo à Divulgação de Dados de Qualidade de Água (Qualiágua), como premiação pelo cumprimento das metas de monitoramento e divulgação de dados de qualidade da água.

O acordo tem vigência de 60 meses, ou seja, se encerra em 12 de dezembro de 2021. Os recursos serão repassados duas vezes a cada 12 meses mediante o cumprimento das metas de monitoramento e divulgação de dados. Para este ano, estão previstos repasses de até R$ 33 mil.

Oito estados estão no mesmo estágio de Tocantins: Acre, Bahia, Ceará, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pernambuco, Rio Grande do Norte e Rio Grande do Sul.

Qualiágua

Com orçamento de aproximadamente R$ 15 milhões, o Qualiágua promove a implementação da Rede Nacional de Monitoramento da Qualidade de Água (RNQA) em todo o País.

No total, 16 unidades da Federação já aderiram voluntariamente ao Programa: Acre, Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pernambuco, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul e Tocantins.

Os parâmetros mínimos a serem coletados nos pontos de monitoramento envolvem aspectos físico-químicos (transparência, temperatura da água, oxigênio dissolvido, pH e Demanda Bioquímica de Oxigênio, por exemplo), microbiológicos (coliformes), biológicos (clorofila e fitoplâncton) e de nutrientes (relacionados a fósforo e nitrogênio). Com informações da ANA

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.