foto-fgts
Benefício estará liberado para saque das contas inativas em fevereiro de 2017

Da Redação

O Governo Federal anunciou duas medidas com a meta de aliviar o bolso dos brasileiros. Uma delas é o saque do FGTS de contas inaditivas e que os trabalhadores poderão usar o dinheiro como quiser. A estimativa é que mais de dez milhões de pessoas farão uso o dinheiro em todo País.  A conta inativa é aquela que o trabalhador com carteira assinada tem com o FGTS e que fica inativa quando ele pede demissão. Por isso, a pessoa que já passou por vários empregos pode ter diversas contas inativas.

Como o dinheiro so poderia ser sacado em casos excepcionais, ficava parado só poderia ser sacado depois de três anos sem emprego com registro. Ou em outros casos previstos na lei, como aposentadoria ou a compra da casa própria. Agora, o trabalhador vai poder retirar todo o dinheiro dessas contas, mas os saques só serão liberados aos poucos em 2017. Com isso, cerca de R$ 30 bilhões serão injetados na economia, o que já representa um ânimo para a economia do País. Com esse montante, muita gente deve sair da inadimplência e estimular a economia.

Outra mudança anunciada pelo Governo Michel Temer, foi no cartão de crédito. A expectativa é que a taxa de juros do rotativo caia pela metade.

O calendário de saque das contas inativas do FGTS será feito de acordo com a data de nascimento dos trabalhadores e deve ser divulgado até 1º de fevereiro. Porem, as mudanças no rotativo dos cartões de crédito, também anunciadas pelo Governo, passe a valer, o Conselho Monetário Nacional ainda precisa baixar uma resolução.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.