Da Redação JM Noticia

Após ação que resultou em cinco mortes em Palmas, vereador defende atuação da PM: “Foram heróis”
Após ação que resultou em cinco mortes em Palmas, vereador defende atuação da PM: “Foram heróis”

O vereador e Major da Polícia Militar do Tocantins, Negreiros, afirmou na tarde desta quarta-feira, 01, em entrevista ao site JM Notícia que a atuação dos PMs foi correta na noite desta terça-feira, 31, quando  cinco suspeitos de assassinato entraram em confronto com policiais militares e vieram a óbito.

Eles são suspeitos de terem assassinado um homem a tiros na quadra 303 norte, em Palmas, na noite de ontem. Ao fugirem do local do crime, eles se depararam com a viatura da Polícia Militar, o que resultou na morte das cinco pessoas. Nenhum militar saiu ferido do confronto.

“Eu tenho certeza absoluta que foi uma ação extremamente correta, até porque eu faço parte da instituição e eu conheço a forma que a instituição age. Os marginais cometeram homicídio, reagiram contra os policiais militares e foram alvejados”, disse Negreiros.

Áudio entrevista vereador Major Negreiros:

Veja nota da PM sobre o fato:

NOTA DE ESCLARECIMENTO SOBRE OPERAÇÕES DA PM NESTA TERÇA-FEIRA, 31.

A Polícia Militar informa que, conforme relato dos policiais militares que registraram a ocorrência resultante no confronto entre a PM e os demais envolvidos, na noite desta terça-feira (31), a viatura de área foi informada por populares que os ocupantes de um veículo Fox, cor preta, estavam efetuando disparos de arma de fogo em direção a outro veículo.

Ao realizar patrulhamento para verificar as informações, os policiais militares localizara a vítima (homem, idade não informada) alvejada dentro do referido veículo. Testemunhas no local culminaram as características do veículo Fox, cujos ocupantes seriam os responsáveis pelo crime.

Simultaneamente, o SIOP transmitiu as informações à rede de rádio e designou a equipe da Força Tática do 1º Batalhão para acompanhar o fato. Na altura da Quadra 103 Sul, Avenida NS 01, a equipe deparou com o veículo suspeito transitando em alta velocidade.

A PM iniciou o acompanhamento com o objetivo de proceder a abordagem, sendo que o motorista do veículo passou a praticar manobras perigosas, inclusive, circulando na contramão da via, chegando a se distanciar da viatura.

Quando os policiais militares conseguiram de reaproximar, os ocupantes do veículo realizaram disparos de arma de fogo em direção aos militares e evadiram. A PM continuou o acompanhamento. Momentos depois, a viatura da Força Tática localizou novamente o veículo suspeito e seus ocupantes mais uma vez efetuaram disparos contra os militares. Para cessar a agressão violenta, os policiais efetuaram disparos, sendo que três dos ocupantes desceram do veículo ainda atirando, sendo necessário novamente fazer uso do meio proporcional para legítima defesa. Quando conseguiram conter a injusta agressão, os policiais militares constataram que os cinco autores estavam feridos.

O SAMU e o Corpo de Bombeiros foram acionados, porém devido à situação dos autores, os próprios policiais prestaram socorro, conduzindo-os até o HGP. Contudo, todos os envolvidos foram a óbito. O local foi isolado e o Delegado de Polícia e Perícia foram acionados. Foram recolhidas duas pistolas 9 milímetros e um revólver calibre 38, bem como as cápsulas utilizadas pelos autores. Todo o material foi apresentado na Delegacia. Três dos cinco autores foram identificados, sendo que dois destes possuem passagem pela polícia.

Um deles suspeito de estar envolvido na morte de um sargento da PM no Estado do Maranhão. As 01/02/2017 Comandante explica mortes durante troca de tiros e diz que em confronto prioridade é salvar policiais e sociedade  informações preliminares, não confirmadas, apontam que os autores são integrantes do Comando Vermelho.

Ainda na mesma noite, equipes da ROTAM e 6º Batalhão depararam com um veículo GOL prata, o qual era suspeito de cometer vários roubos na Capital nos últimos dias. Os militares tentaram realizar a abordagem, porém foram recebidos a tiros, sendo necessário o uso da arma de fogo por parte dos policiais para cessar a agressão. Havia dois ocupantes no veículo, sendo que um foi alvejado e outro conseguiu fugir para uma área de matagal. O ferido foi conduzido à UPA Sul, mas não resistiu e veio a óbito. Com o indivíduo foram encontrados entorpecentes e um revólver calibre 38.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.