Da Redação JM Notícia

Ex-deputado José Geraldo vai assumir o Desenvolvimento Social

O empresário e ex-deputado estadual José Geraldo assume hoje em Palmas –TO, às 14 horas, no Instituto Vinte de Maio, pasta na gestão do prefeito Carlos Amastha (PSB). José Geraldo que preside o PTB no Tocantins, foi convidado para assumir a pasta do Desenvolvimento Social. O partido reelegeu na Capital o vereador Etinho Nordeste.

Além do ex-deputado, vários auxiliares irão ser nomeados na oportunidade, entre eles, o deputado estadual Ricardo Ayres, Max Fleury, presidente estadual do PSDC, pastor João Campos, presidente do PSC de Palmas, Christian Zini, presidente estadual do PSL, ex-deputado Júnior Coimbra entre outros. 

GOVERNO 2018 – Conforme noticiado anteriormente pelo JM Notícia, Amastha está montando o governo na capital visando as eleições de 2018.

Ex-deputado Júnior Coimbra é o nome para assumir a secretaria de Governo na gestão do prefeito Carlos Amastha

Com a nova composição do Paço, o prefeito “amarrou” aliança com o PTB, do futuro secretário José Geraldo, que deve assumir o Desenvolvimento Social, Max Fleury, (PreviPalmas), presidente do PSDC, PSC, do deputado estadual Osires Damaso e Laudecy Coimbra (SD), que apesar da composição com o bloco dos independentes, é da base governista na Câmara. O ex-deputado Eduardo Gomes, vice-presidente nacional do SD é um dos articuladores da campanha de Amastha ao governo.

Amastha conta também para o seu projeto com o apoio do PSL, PTC, PSB, PMN, PSDB, PCdoB e o PRP. Ao todo, o prefeito contaria hoje com pelo menos 11 partidos.

Dimas figura entre os nomes que podem concorrer ao Governo em 2018.

PRÉ-CANDIDATOS – São cotados para disputarem o governo, a senadora Kátia Abreu (PMDB), Senador Vicentinho Alves (PR),Mauro Carlesse (PHS), presidente da Assembleia Legislativa, Senador Ataídes Oliveira (PSDB), prefeito de Araguaína, Ronaldo Dimas (PR) e o atual prefeito de Palmas, Carlos Amastha (PSB).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.