Momentos históricos da igreja desde o início
Momentos históricos da igreja desde o início

Concílio e Organização da Igreja Batista no Lago Norte, em Palmas, foi realizado neste sábado, 28, na sede da mais nova Igreja da Convenção Batista do Tocantins. A reunião que teve início a partir das 16h contou com a participação de vários pastores e membros das Igrejas da Associação Batista Metropolitana.

Para o irmão Antônio Ribeiro, um dos incentivadores do trabalho batista no bairro ver a Congregação agora organizada em Igreja é a realização de um sonho, “Nós vemos esse momento como a realização de um sonho e como a resposta de Deus às nossas orações. Quando viemos morar aqui, sentimos que precisávamos de uma agência do Reino de Deus aqui, e hoje podemos isso se realizando”, destaca o irmão.

Momentos históricos da igreja desde o início

Filha da Igreja Batista Pedras Vivas de Palmas, a Igreja Batista no Lago Norte foi organizada com 27 membros e 35 congregados, pessoas novas convertidas e crentes recém-chegados no Bairro vindo de outras cidades. Pessoas como Francione Alves dos Santos, que veio de Carolina/Maranhão e hoje é membro fundador da Igreja, “Para mim é um privilégio e uma alegria muito grande, poder participar desde o início da Congregação e hoje momento ímpar de fundação da Igreja”, afirma Francione.

Concílio

Antes do culto de organização os membros foram avaliados pelos pastores: Edileno Rodrigues Coelho, pastor da Igreja mãe e que presidiu o Concílio, Francisco Matos, examinador, Francisco de Holanda, Renato Almeida, Édison Lima Batista, José Arlindo, José Pereira, Elton Mendes dos Santos,  José Eliomar e o Secretário Executivo da Convenção Batista do Tocantins, Josimar Rodrigues Costa.  O pastor Josimar foi o orador oficial da noite e trouxe uma palavra de fé e esperança à nova igreja: “Jesus conhece esta Igreja e também conhece a comunidade em que está inserida. Por isso, vocês tem o desafio de ser uma Igreja contextualizada, plantada para amar e cuidar das pessoas”. Comentou o Secretário Executivo da Convenção.

 A nova Igreja

Em Janeiro de 2015 a missionária Renata Keli chegava a Palmas vinda de Carolina/Maranhão, a convite da Igreja Batista Pedras Vivas para iniciar um trabalho missionário no Setor Lago Norte. A Congregação foi inaugurada no dia 31 de Janeiro de 2015, na varanda de sua casa. Assim que chegou, a missionária foi de casa em casa conversar com os moradores e conhecer a realidade do bairro.

Com o intuito de multiplicar o amor de Deus, na mesma semana fez uma jornada de oração com sua mãe, missionária ajudadora, para que Deus desse sabedoria e amor nas oportunidades. Na outra semana, fez uma jornada de oração e convidou moradores para participar. Também, agendou visitas nas casas para conversar e orar com as pessoas; descobriu demandas sociais; visitou os comerciantes para orar com eles e também começou um trabalho com pré-adolescentes.

Faziam conforme está na Palavra: “E todos os dias, no templo e nas casas, não cessavam de ensinar, e de anunciar a Jesus Cristo” (Atos 5:42). O templo ainda era a varanda da casa missionária, alugada no setor.

E Deus foi acrescentando…Com um ano de inaugurada, passou para outro espaço maior. Os cultos coletivos passaram a acontecer numa tenda.

Dois anos de inaugurada Congregação e agora Igreja Batista no Lago Norte já vem desenvolvendo um trabalho relevante na comunidade. Segundo a Missionária Renata Keli Marinho, todas as terças-feiras pela manhã a Igreja realiza o Café da Amizade, uma ação de compaixão e graça, onde os membros da Igreja tomam café junto com os moradores e, assim, desenvolvem acolhimento, escuta, compartilham palavra de fé e esperança, oram juntos, criam vínculo e amizade.

Pastores que participaram do concílio
Pastores que participaram do concílio

Baseada nos princípios da Igreja Multiplicadora, o grupo também desenvolve ações com jovens, crianças, adultos e idosos, através dos Pequenos Grupos. Pela graça de Deus, eles têm dado fruto que permanecem; frutos para a vida eterna.

“Todos os que criam estavam juntos e tinham tudo em comum…Todos os dias, continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em suas casas, e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração, louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo. E o Senhor lhes acrescentava todos os dias os que iam sendo salvos” (Atos 2: 44, 46 e 47).

Com alegria celebramos à Deus a plantação dessa Igreja em nossa região!

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.