Da Redação JM Notícia

Pastor Malafaia propõe boicote à Disney por beijo gay em desenho; atriz Vera Holtz rebate

Mais um ataque do movimento gay contra as familiares em todo o mundo, que buscam a todo custo implantar doutrina do movimento homossexual, desta vez, por meio de desenhos.

No Brasil, o movimento pró-homossexuais tentaram emplacar a cartilha que ficou conhecida como “cartilha gay”, nas escolas públicas e privadas. Na época, foi combatida exaustivamente pela sociedade e pelo Congresso Nacional.

Agora, a Disney conhecida por levar entretenimento as jovens e crianças exibiu o primeiro beijo gay em um de seus desenhos animados, Star vs. as Forças do Mal, assistido em sua grande maioria por crianças em fase de formação de sua personalidade.

O referido desenho mostrou além de um beijo entre dois homens, há beijos de outros casais formados por homem e mulher; ou só por mulheres. 

Segundo a Bíblia descrito no livro de Levítico, Deus condena a prática homossexual: “Não te deitarás com um homem como se deita com uma mulher. Isso é abominável”.

Silas Malafaia, conhecido por sua forte atuação em defesa da família e dos valores morais, disparou duras críticas contra a Disney. Em um vídeo publicado em suas redes sociais, Malafaia pede um boicote à empresa, que ainda anunciou que sua nova versão para A Bela e a Fera terá “um momento exclusivamente gay”.

No vídeo, Silas diz que a Disney resolveu comprar a agenda gay colocando em desenhos e filmes para crianças a questão do homossexualismo… é uma covardia pular etapas no desenvolvimento da criança”, disparou Malafaia. 

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.