Cachê pago a André e Felipe no “Palmas Capital da Fé” gera polêmica na sessão da Câmara

Da Redação JM Notícia – Dermival Pereira

O Cachê pago no valor de R$ 49.900 a dupla gospel André e Filipe, pela Prefeitura de Palmas, no Palmas Capital da Fé gerou debate na Câmara de Vereadores durante a sessão realizada na manhã desta terça-feira, 7. O assunto foi abordado pelo vereador de situação Tiago Andrino (PSB), na tribuna da Casa.

Andrino comentou matéria publicada pelo JM Notícia que tratou do cancelamento do show na cidade de Formoso do Araguaia e do valor pago aos artistas, em Palmas, pela gestão municipal. “O evento na cidade de Palmeiras (Sic), era em uma igreja, um evento interno, o que custa menos que um evento público, isso está na tabela”, disse Andrino.

Tiago também defendeu a gestão do presidente da Agência de Turismo, Cristiano Araújo, afirmando que tudo foi feito de acordo com a lei.”Tudo foi feito em conformidade com a lei, ele é um dos secretários mais honesto do brasil.

Neris Critica
Também na Tribuna, o vereador de oposição, Milton Neris (PP),criticou a defesa feita por Andrino em relação ao valor gasto pela gestão com o show da dupla na Capital.

“Eu gostaria de lembrar, em primeiro lugar é que a cidade não é Palmeiras, é Formoso do Araguaia, aonde o André e Filepe tinham um show agendado no mesmo dia que eles cantaram em Palmas. Lá, não é uma igrejinha, era um congresso que aguardava mais de trinta mil pessoas, e apesar de não ter obtido as informações que pedi ao secretário, até o momento, sabemos que foi pago um valor de R$ 49,900 mil reais pelo show de André e Filipe aqui em Palmas pela prefeitura e que a organização do Congresso pagou adiantado o cachê no valor de R$ 8.400. Então eu quero saber para onde foi o restante que superou o restante dos oito mil, que é o valor realmente cobrado pelo show deles, cadê o secretário honesto dito aqui nessa tribuna pelo vereador que antecedeu”, criticou.

Neris disse também que “não venha me fazer de bobo, dizendo que lá é uma igrejinha e que eles estavam fazendo caridade, foi pago adiantado”, disse o vereador.

Ainda em seu pronunciamento, o parlamentar afirmou que quer saber onde foram parar o restante dos R$ 49 mil reais recebidos pela dupla: 

” Queremos saber para onde foram os restante dos 49 mil, o TCE também quer saber. Será que foram para o Sírio Libanês aonde o prefeito está fazendo tratamento ou para a construção de mansões de secretários? O que sabemos é que tá faltando recursos para exames, para a Educação, é por isso que eles não me passaram os dados até agora. Eu quero saber para aonde foram os outros R$ 41 mil pagos a André e Felipe, além dos R$ 8.400 que eles deviam ter recebidos. Eu só quero o processo, para analisar os dados, pois o dinheiro público não pode ir para eventos da forma como está indo. Quero cumprir meu papel de fiscalizado, só isso” finalizou Neris.

Andrino rebate
Questionado pelo JM Notícia, ainda durante a sessão, se os dados do processo será disponibilizado ao vereador Milton Neris, Andrino disse que “o processo já está no Tribunal de Contas e que caso o vereador (Milton Neris), queira, será disponibilizado.

Andrino disse ainda ao JM Notícia que não utilizou o termo igrejinha em seu pronunciamento: “Não usei a expressão igrejinha, falei igreja, para me referi que os shows custam mais caros para os eventos públicos e mais baratos para as igrejas, isso está na tabela de preços deles, que também não se apresentariam lá com a banda“.

Quem também comentou o assunto, foi os vereadores Diogo Fernandes (PSD), “o Capital da Fé é um evento diferente, sem brigas, sem bebidas alcoólica e que o dinheiro circulou aqui mesmo em nossa cidade, eu parabenizo a gestão pela realização deste evento”, afirmou em tom de apoio a gestão.

ENTENDA:

Pelo show em Palmas, marcado na mesma data da realização do evento de Formoso, a dupla recebeu dos cofres públicos da Prefeitura de Palmas, o montante de R$ R$ 49.950,00 contratado através da empresa Santoro Produção Musical Ltda ME, conforme consta no Diário Oficial.

Em Nota, o cantor André disse ao JM Notícia que a dupla tinha duas agendas marcadas para o dia 28 de fevereiro, sendo uma às 19 horas, em Palmas, e a outra às 22 horas, em Formoso do Araguaia. “Porém tivemos uma série de imprevistos por força maior tais como chuva e atraso do evento de Palmas que a chegada da dupla teria um atraso para atender o evento de Formoso do Araguaia, devido a isso o escritório da dupla juntamente com a produção do evento achou melhor marcarem uma nova data, estamos aguardando uma nova data da produção para divulgarmos”, afirmou o cantor em Nota.

VEJA MAIS

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.