Campelo apresenta requerimentos que visam o bem estar da população e o repasse de informações pela gestão

O vereador palmense Lúcio Campelo apresentou nesta terça-feira, 07, requerimentos que abrangem o bem estar da população e o repasse de informações por parte da Prefeitura.

O Parlamentar solicitou a revitalização das praças do Jardim Aureny I; o recapeamento do Setor Bela Vista e Jardim Aureny IV sendo que este segundo merece urgência para que o serviço de base iniciado em algumas ruas não seja perdido gerando um custo ainda maior para a sociedade; a roçagem e manutenção no Setor Vila do Sol; a construção de rampas de acesso em todas as praias da cidade para que a pessoa com deficiência ou mobilidade reduzida tenha condição de desfrutar do ambiente com a família e solicitou também cópia integral do processo do Palmas Carnaval da Fé.

O Vereador lembrou que está aguardando vencer o prazo para o cumprimento do envio de informações sobre o processo para a Casa de Leis e destacou que caso não seja cumprido, é cabível a interposição de mandato de segurança para que haja atendimento naquilo que é prerrogativa do vereador, que é fazer a fiscalização dos gastos públicos.

“A grande diferença nos valores pagos causou estranheza e aguçou o interesse em ter informações precisas sobre o processo de contratação em Palmas”, disse Campelo

Valores referentes aos shows do Carnaval da Fé foram questionados quando a discussão chegou ao cachê da dupla André e Felipe que recebeu da Prefeitura de Palmas R$ 49.950,00, conforme Diário Oficial, para apresentarem-se na Capital, e para fazer show na mesma noite em Formoso do Araguaia teve seu cachê fixado em R$ 8.400,00. A grande diferença nos valores pagos causou estranheza e aguçou o interesse em ter informações precisas sobre o processo de contratação em Palmas.

Lúcio Campelo criticou a política de transparência do governo municipal. ‟Você pede um documento e não aparece, você vai no Portal da Transparência e não consta detalhamento de despesas só o valor global”.

Ainda na tribuna, o Vereador citou quão delicado é o atual momento econômico brasileiro e mencionou o fechamento de estabelecimentos comerciais que não promoverão mais empregos e renda, a exemplo do Supermercado Mateus que deixará cerca de 300 pessoas desempregadas.

Rebatido pelo vereador Tiago Andrino pelas críticas tecidas ao Prefeito, Lúcio Campelo disse que segundo comenta-se nas redes sociais o vereador Andrino é suspeito em defender o chefe do executivo municipal.

Lúcio concluiu sua fala conclamando a população a defender o interesse público e abraçar causas comuns que afetam toda a sociedade, como o aumento de impostos.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.