Diogo Fernandes repudia atitude de superintendente de Finanças de Palmas  e exige respeito ao Legislativo

Na tribuna da sessão desta terça-feira, 07, da Câmara Municipal de Palmas, o vereador Diogo Fernandes (PSD) exigiu respeito ao Poder Legislativo Municipal e solicitou ao presidente da Casa, José do Lago Folha Filho, que tome providências com relação à atitude do superintendente de Finanças de Palmas, Eron Bringel Coelho que teria afirmado que vai vetar a emenda de R$ 2 milhões que Diogo Fernandes inseriu na Lei Orçamentária Anual (LOA) do município, para o exercício 2017. A emenda foi aprovada por unanimidade em sessão extraordinária da Câmara, ocorrida na madrugado de quinta-feira, 23, véspera do carnaval.

No dia seguinte da aprovação da Loa, Bringel foi à Câmara buscar o processo, quando discutiu com uma funcionária da Casa, afirmando que vetaria a emenda.

No discurso, que Diogo Fernandes classificou de repúdio, o vereador questionou e repudiou a atitude. “Ele (Eron) não tem o direito de dar pitaco nesta Casa”. “Ele é prefeito para vetar”? Questionou.

Declarando ainda indignação, o vereador ressaltou que o Legislativo é independente e representa à população. “Esses recursos de R$ 2 milhões são fundamentais para a implementação das escolas de Tempo Integral Fidêncio Bôgo e Agrotins. Nós vereadores e os servidores desta Casa merecemos respeito, não aceito essa atitude arbitrária”, concluiu.

Entenda

Em visita institucional à Câmara de Palmas, no dia 9 do mês passado, a senadora Kátia Abreu (PMDB), por meio de interlocução do vereador Diogo Fernandes, assegurou por meio de duas emendas parlamentares, R$ 2 milhões, para as Escolas de Tempo Integral Agrotins e  Professor Fidêncio Bôgo. O ofício  de Diogo Fernandes solicitando os recursos, recebeu assinatura de todos os vereadores presentes na Sessão do dia. 

Projetos

Na ocasião, o secretário municipal de Educação, Danilo de Melo informou que o projeto da escola de Tempo Integral Agrotins, prevê a construção na área da Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins), objetivando transformar o espaço numa grande escola do agronegócio, para atender da educação infantil ao ensino médio, propiciando que a tecnologia apresentada na feira chegue até os pequenos produtores. A escola de Tempo Integral Professor Fidêncio Bôgo está em construção no assentamento “Marmelada”, na região do Taquaruçu Grande. 

Requerimentos

Na sessão desta terça-feira, foram aprovados dois requerimentos de Diogo Fernandes. Um solicita reparos técnicos nas câmeras de segurança da praça da quadra 1306 Sul e a roçagem em torno do CMEI Aconchego. (Mariah Soares).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.