O texto, disse Ataídes, é resultado de anteprojeto de lei elaborado pelo Ministério Público Federal, que recebeu mais de dois milhões de assinaturas em todo o Brasil, no ano passado. A mobilização popular em torno das 10 medidas de combate à corrupção resultou também em um projeto de lei da Câmara (PLC 80/2016), que foi alterado pelos deputados.

De acordo com Ataídes, 31 senadores já assinaram o requerimento de urgência em favor de seu projeto, protocolado no Senado nesta terça-feira, dia 7.

— Eu percebo que uma vez esse projeto aprovado nestas duas Casas, sem dúvida, irá resgatar a moralidade, irá resgatar o dinheiro do contribuinte, o dinheiro do povo, para que esse dinheiro seja utilizado no lugar certo — afirmou.

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.