A declaração foi feita durante seminário realizado pelo Sebrae/Tocantins
A declaração foi feita durante seminário realizado pelo Sebrae/Tocantins

A senadora Kátia Abreu anunciou a prefeitos nesta sexta, na Capital,  a viabilização de recursos extras no Ministério da Integração Nacional da ordem de R$ 10 milhões para serem aplicados em dois grupos de consórcios municipais. Os recursos serão investidos em asfaltamentos nos municípios. Segundo a parlamentar, serão beneficiados nos dois primeiros consórcios 80 municípios do Bico do Papagaio, Norte, Sul e Sudeste do Estado. 

A declaração foi feita durante seminário realizado pelo Sebrae/Tocantins (e parceiros) que trouxe palestrantes de outros estados, como ex-ministro do Turismo e diretor do Sebrae nacional, Vinícius Torres e o prefeito de Blumenau (SC), Napoleão Bernardes. E que contou com a participação do presidente da Fieto, Roberto Pires, da Faet, Paulo Carneiro, da Fecomércio, Itelvino Pisoni, do presidente do Conselho Deliberativo do Sebrar, Pedro Ferreira. E ainda d a vice-governadora, Claúdia Lélis, vice-prefeita de Palmas, Cíntia Ribeiro e presidente da ATM, prefeito Jairo Mariano, deputado federal Irajá Abreu e deputados estaduais Paulo Mourão e Alan Barbiero.

Ainda conforma parlamentar, os recursos serão suficientes para 1 milhão de metros quadrados de lama asfáltica nos municípios. Na estratégia, será utilizado o sistema (fábrica de lama asfáltica) já montada na cidade de Gurupi, com o apoio do prefeito Laurez Moreira. “Não adiantavam só as maquinas por isto fomos atrás dos recursos”, disse Kátia Abreu informando ainda que destes R$ 10 milhões, cerca de R $ 400 mil serão destinado a custeio do consórcio. “É igual ao sistema cooperativo”, explicou a Senadora aos prefeitos, acrescentando que, diante das dificuldades vivenciadas hoje pelos prefeitos, é necessário fazer os consórcios darem certo.

A parlamentar acrescentou ainda outras ações que tem desenvolvido em prol da economia do Estado. Citou a viabilização do Centro Tecnológico de Florestas, em Araguaína, projeto do prefeito Ronaldo Dimas que defendeu junto a Indústria Brasileira de Árvores. E também o polo de confecções no Bico do Papagaio, viabilizado com emendas da Senadora e com o apoio da Federação das Industrias do Estado, que cedeu todo o maquin&aac ute;rio necessário para a indústria que irá proporcionar emprego e renda para as mulheres daquela região.

IMPOSTOS- A senadora Kátia Abreu aproveitou seu pronunciamento para criticar a elevada carga tributária imposta hoje ao contribuinte. Ela ilustrou sua colocação com os aumentos de impostos verificados na Capital. “Não castiguem o povo de vocês com impostos”, pediu a Senadora aos prefeitos, sublinhando que hoje Palmas é a Capital mais cara do país, com um reajuste da carga tributária da ordem de 63%  nos últimos quatro anos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.