Pastor Jabes Alencar se jubila e pastor Samuel Ferreira assume presidência da Assembleia de Deus do Bom Retiro Créditos: AD Brás/Adriana Bernardo

As igrejas Assembleia de Deus do Bom Retiro (ADBR) e Assembleia de Deus no Brás (AD Brás) passarão a compartilhar a presidência do Pastor Samuel Ferreira. A decisão foi tomada em virtude da frágil condição de saúde pela qual passa o Pastor Jabes Alencar, presidente e fundador da Assembleia de Deus do Bom Retiro.

Créditos: AD Brás/Adriana Bernardo

A transição, que acontece nesta segunda-feira (13/03), será durante o culto de comemoração de 29 anos de fundação do ministério do Bom Retiro, marcado para as 19 horas, na sede da ADBR (Av. Nicolas Boer, 100 – Barra Funda – SP).

Estarão presentes na cerimônia, além dos pastores Jabes Alencar e Samuel Ferreira, a liderança das duas denominações e todos os membros da nova diretoria, composta por pastores de ambas as igrejas. O Pastor Samuel Ferreira, que tem fortes e antigos laços fraternais com o Pastor Jabes Alencar, passa a presidir a ADBR administrativa e eclesiasticamente.

“É uma grande responsabilidade suceder o pastor Jabes Alencar, que foi o fundador desta igreja, um grande pastor, o apóstolo da unidade da igreja; com absoluta humildade, chego para servir e não para ser servido, para ser cooperador, para ser o pastor, e o meu compromisso diante de Deus é cuidar destas almas com a minha própria vida”.

Sobre a transição, o Pastor Samuel Ferreira se disse “muito tranquilo e confortável porque na verdade nós não estamos fazendo nada, senão atender e assumir o pastorado da igreja do Bom Retiro, em vista de que eu, por exemplo, só sei ser pastor.

A igreja do Brás é a maior igreja evangélica de São Paulo e temos uma equipe pronta para assumir esse novo compromisso. Estamos debaixo de oração, debaixo da graça e da dependência completa de Deus, e o Bom Retiro vai voltar a viver os seus melhores dias, em nome de Jesus”. O Pastor Jabes disse que a decisão partiu de uma direção de Deus, porque apesar do agravamento de seu estado de saúde, jamais pensou em recuar ou desistir de seu ministério.

Pastor Jabes Alencar se jubila e pastor Samuel Ferreira assume presidência da Assembleia de Deus do Bom Retiro – Créditos: AD Brás/Adriana Bernardo

Em reunião com a liderança da ADBR, explicou sobre a necessidade de se ausentar da presidência, para tratamento médico, e disse que, ao orar a Deus, sentiu aprovação neste sentido. “Não poderia jamais sair e deixar a igreja órfã, por isso também busquei de Deus orientação sobre essa situação, e o nome do Pastor Samuel Ferreira veio como liderança mais indicada para cuidar desse precioso rebanho, por sua experiência, com 35 anos de atuação ministerial, preparo e seriedade”.

Após reuniões realizadas entre integrantes das diretorias das duas denominações, ficou definido que não haverá mudanças significativas na igreja. Serão mantidos o nome, a programação e liturgia dos cultos.

O Pastor Samuel Ferreira ministrará na ADBR uma vez por semana, às quartas-feiras, nos demais dias, a igreja terá seus cultos e eventos conforme agenda existente.

Sobre a ADBR

Com raízes nos ensinamentos da Assembleia de Deus, a AD Bom Retiro foi fundada em 6 de março de 1988.

Neste mês, comemora 29 anos. Ao longo desse período, o ministério, presidido por Jabes Alencar, foi um dos responsáveis pela propagação do Evangelho em todo o país.

Sobre a AD BRÁS

Com mais de 90 anos de fundação, a Assembleia de Deus no Brás é vinculada ao centenário e reconhecido Ministério de Madureira, uma das maiores instituições evangélicas do país. Sua convenção nacional, a Conamad (Convenção Nacional das Assembleias de Deus no Brasil – Ministério de Madureira) reúne a mais numerosa liderança eclesiástica no país.

Com sede no tradicional bairro do Brás (região central da capital paulista), a AD Brás, presidida pelo Pastor Samuel Ferreira desde 2006, é referência espiritual e ministerial no meio cristão evangélico. Sobre o Pastor Jabes Alencar Jabes Alencar esteve à frente, por mais de uma década, do Conselho de Pastores do Estado de São Paulo (CPESP), entidade fundada por ele.

Membro de família pastoral, Jabes ficou conhecido por pregar a unidade entre as denominações. Também de forma pioneira, utilizou a mídia, especialmente o rádio e a televisão, com seu programa Mensagem de Esperança, onde declarava o slogan “Recuar jamais. Parar, nunca. Avançar sempre!”, que se tornou uma de suas marcas.

Sobre o Pastor Samuel Ferreira

Samuel Ferreira é presidente da Assembleia de Deus no Brás (SP), presidente executivo da Convenção Nacional das Assembleias de Deus no Brasil – Ministério de Madureira (Conamad), presidente da Convenção Estadual das Assembleias de Deus – São Paulo (Conemad-SP), presidente da Junta Conciliadora do Estado de São Paulo, e diretor executivo da Editora Betel, com sede na capital do Rio de Janeiro e filiais em Campinas, São Paulo e Goiânia. Membro de família pastoral, é casado com a Pastora Keila Ferreira há mais de 25 anos, com quem tem dois filhos: Manoel Ferreira Neto, Pastor da AD Campinas, e Marinna Ferreira, evangelista. Em breve será avô de gêmeos, filhos de Manoel Neto e Marjorye Ferreira.

 Leia a nota na íntegra:
 
“São Paulo – Em virtude da frágil condição de saúde do Pastor Jabes Alencar, presidente da Assembleia de Deus Bom Retiro, conhecida como ADBR, a denominação passa a ser presidida pelo Pastor Samuel Ferreira. 
A transição acontece nesta segunda-feira, 13 de março, a partir das 19 horas, na sede da ADBR, na Av. Nicolas Boer, 100 – Barra Funda (SP). 
A notícia foi compartilhada com a diretoria de ambos os ministérios e bem recebida por todos, sem ressalvas. 
Presidente da AD Brás (Assembleia de Deus Ministério de Madureira), o Pastor Samuel Ferreira, que tem fortes e antigos laços fraternais com o Pastor Jabes Alencar, passa a presidir a ADBR administrativa e eclesiasticamente. 
Não haverá mudanças significativas na igreja. Serão mantidos o nome, a programação e liturgia dos cultos. 
A nova diretoria será integrada por membros de ambos os ministérios.”

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.