Da Redação do JM

Barbosa critica gestão por licitação que pagou retirada de decoração natalina

O vice-presidente da Câmara Municipal de Palmas, vereador Léo Barbosa (SD), usou a tribuna na sessão desta quinta-feira, 16, para denunciar a prefeitura de Palmas por realizar licitação e pagar R$ 141.507,73 para retirada de enfeites natalinos.

Em tom de indignação, o vereador afirmou que “esta licitação é criminosa, pagar mais de R$ 141 mil reais para retirar decoração de natal é um desrespeito ao dinheiro do povo desta cidade”, criticou.

“É marca dessa gestão fazer este tipo de malandragem, já superfaturaram serviços com máquinas de raio-x, superfaturaram e gastaram milhões com aluguel de tendas e banheiros químicos, agora é a vez dos enfeites natalinos”.

O parlamentar também teceu críticas a Gestão, isso porque segundo ele, “o prefeito afirma que não há orçamento para realizar algumas obras. Tem escola fechada no São João por falta de reforma, mas não falta dinheiro para este tipo de prática danosa”, salientou Barbosa, afirmando que ainda “nesta mesma licitação a prefeitura ainda pagará R$ 204 mil reais para realização dos serviços de remoção de postes duplos que serão enviados á empresa Energisa”.

E questionou: “Nós pagamos uma das contas de energia mais caras do país, será que a energisa não consegue retirar estes postes, falta orçamento para isto, algo que é de interesse da empresa”?

Pedindo esclarecimentos
“Farei pedido de informações ao secretário, para saber quantos postes serão retirados e o por quê deste gasto ser realizado pelo poder público e não pela empresa detentora de nossa energia”. Os dados desta licitação, segundo Barbosa,  “estão no site da prefeitura de Palmas e o que vemos aqui é um exemplo claro de malversação do erário público”.

Dados
De acordo com dados levantados pelo vereador, as informações sobre a licitação, estão no site da prefeitura e o processo licitatório ocorreu no dia 14 de março deste mês.

O vereador Léo Barbosa afirmou ainda que protocolará denuncia formal no Ministério Público para impedir este processo licitatório. (Com informações da assessoria do vereador Leo Barbosa).

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.