A polícia de Omdurman (Sudão) prendeu na última quinta-feira (16), três professores cristãos da Escola Evangélica do Sudão em uma tentativa de ajudar um empresário muçulmano a tomar posse da escola, segundo informaram fontes cristãs.

Eles foram libertados sob fiança depois de oito horas, acusados ​​de obstruir o trabalho daqueles que tentavam tomar a escola.

As prisões aconteceram quase um mês depois que autoridades prenderam durante a noite, quatro educadores da mesma escola. Um deles, Daud Musa foi preso novamente na última quinta-feira.

Na ação mais recente, os professsores foram acusados ​​de destruir uma placa pertencente à empresa ‘Education Vision’, que é de propriedade do empresário muçulmano, que reivindicou que aquela escola era dele.

Na quinta-feira (16 de março), cerca de 20 policiais invadiram o complexo da escola de Omdurman, no Nilo de Cartum, prenderam três professores cristãos, incluindo o diretor, Musa, e os levaram à delegacia da divisão central de Omdurman. Também foram presos os professores cristãos Yahya Elias e um deles se identificou apenas como Younan. Todos os três pertencem à Igreja Evangélica Presbiteriana do Sudão (‘SPEC’).

O Rev. Yahia Abdelrahim Nalu, moderador da ‘SPEC’, confirmou as prisões, descrevendo-as como resultado de conluio entre o governo e o empresário muçulmano.

“Existe uma forte relação entre a polícia, os advogados e o Ministério de Orientação e Dotação Religiosa”, disse Nalu.

Os líderes do SPEC disseram que a polícia está ajudando em uma tomada ilegal da escola.

“A polícia está ajudando ilegalmente essa empresa, apesar de não ter documentos legais de propriedade”, disse um líder do SPEC.

A Escola Evangélica do Sudão é uma das várias escolas da SPEC em todo o país.

Em 20 de fevereiro, a polícia prendeu Musa, membro do Presbíterio da SPEC, o reverendo Sidik Abdalla Anglo, o ancião Himeda Kandr e seu colega Majdi Juma, que também foram liberados sob fiança de 10.980 libras sudanesas (1.682 dólares), no dia 21 de fevereiro.

Os muçulmanos que reivindicam a posse da escola nova tinham colocado uma placa da empresa de propriedade do muçulmano em fevereiro. A escola foi estabelecida pela missão americana em 1924. Com informações Guiame

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.