Da Redação – Ricardo Costa

CGADB: Pr. Ronaldo Fonseca declara apoio à Wellington Júnior e dispara contra oposicionistas: “Não tem compromisso com Deus”

O Pastor Ronaldo Fonseca, Presidente da ADET – Assembleia de Deus de Taguatinga-DF(Convenção Ciaddff) e Coordenador da Bancada da Assembleia de Deus na Câmara dos Deputados, gravou um vídeo polêmico declarando apoio à candidatura do pastor Wellington Júnior à presidência da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB). No vídeo divulgado pelo pastor Wellington Júnior, pastor Ronaldo Fonseca pede votos, disse que é necessário trabalhar mais para convencer outros da importância da eleição do pastor Wellington Júnior e ataca os oposicionistas do pastor Wellington Júnior ao afirmar que eles não teriam compromisso com Deus.

Ataques à oposição

Entenda: Sem citar nomes, o pastor Ronaldo Fonseca, considerado um líder influente no Congresso Nacional,  atacou o grupo do pastor Samuel Câmara, candidato à presidência da CGADB, o qual moveu ações que podem impossibilitar à candidatura do pastor Wellington Júnior à presidência da CGADB. O vídeo foi divulgado nesta terça-feira, 28.

“Nesse momento, lamentavelmente esta campanha está tomando outro rumo. Pessoas que não tem compromisso com Deus e não tem compromisso com a igreja estão criando factoides para tentar atrapalhar a eleição do pastor Wellington Júnior; mas o melhor da Assembleia de Deus no Brasil é o Wellington Junior”, disse Ronaldo Fonseca.

AÇÕES

A oposição ao pastor Wellington Júnior moveu várias ações contra a candidatura do pastor à CGADB, entre elas, a de Corumbá -GO, que havia tornado nulo o registro de candidatura do pastor Wellington Júnior à CGADB e posteriormente foi derrubada pelo Tribunal de Justiça do Goiás.

Uma outra ação, desta vez no estado do Amazonas, por meio do Juiz Jânio Tutomu Takeda, da cidade de Juruá-AM, concedeu liminarmente Tutela de Urgência cancelando 5.207 inscrições que estariam em desacordo com a resolução nº 01/2016 da CGADB, sob pena de multa diária de R$ 10 mil reais. O mérito da ação ainda não foi julgado.

Há também decisão liminar expedida pela Justiça do Amazonas, em fevereiro deste ano, que determina que a CGADB suspenda a candidatura do pastor Wellington Júnior à CGADB.  A ação foi ajuizada pelo pastor Jonatas Câmara, líder da Convenção Assembleiano no Estado do Amazonas. A decisão foi expedida pelo juiz Manuel Amaro de Lima.

ELEIÇÃO

A eleição da CGADB acontece no próximo dia 09 de abril em São Paulo. Concorrem ao cargo de presidente os pastores:  Samuel Câmara, Wellington Júnior (Sub Judice), e Cícero Tardin.

VÍDEO:

VEJA TAMBÉM
Destituído da presidência da ADESAL, pastor diz que terá que passar por cima do seu cadáver

COMPARTILHAR