Andrino comemora projeto de regularização fundiária e cobra urgência para regularizar áreas das igrejas

Durante a sessão desta quarta, 5, o vereador Tiago Andrino (PSB) falou sobre a regularização fundiária na Capital. Diante do projeto apresentado pelo Executivo na tarde desta terça, 4, Andrino afirmou que os vereadores devem construir uma agenda para que o assunto seja tratado de acordo com os interesses da população. 

“Tivemos uma reunião ontem para tratar de um projeto de lei que vem para essa Casa com um objetivo específico. Quero parabenizar o prefeito Carlos Amastha e nossos colegas que abraçaram agenda não como de governo ou de base, mas como da Casa. Cabe a nós promovermos uma grande agenda, de resultados, para ouvir a comunidade e para que o povo seja contemplado. Esse projeto tem que estar muito bem encaminhado por uma atuação da Câmara. É papel institucional da Câmara tratar a regularização de forma imparcial e democrática”, pontuou. 
Segundo a prefeitura, o Programa de Regularização Fundiária irá beneficiar mais de 20 mil famílias e deve atender inicialmente regiões como o Jardim Taquari, Irmã Dulce, União Sul, Taquaruçu 2ª Etapa, Lago Norte, Setor Vista Alegre e Belo Horizonte, Loteamento Canaã e Santa Fé.
Áreas das Igrejas 
O vereador aproveitou o tema da regularização para cobrar do Executivo uma atenção especial com a questão da regularização das áreas das igrejas. Segundo ele, é preciso urgência para tratar do assunto. 
“Já tratamos desse tema aqui, houve grande debate na Casa. O que foi feito para trás,não pode penalizar a boa fé das entidades que receberam essas áreas. A Igreja Católica já tem essa solução bem construída e as demais igrejas e associações precisam de um caminho. Essa regularização irá contribuir para que as nossas instituições religiosas sigam desenvolvendo o seu fundamental papel na sociedade”, reafirmou.
 
 
COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.