Fundo do governo de Israel poderá financiar Terceiro Templo

A construção sela o início da profecia da vinda do Messias para os judeus, o que para os cristãos seria a segunda vinda de Cristo

1704

A Fundação da Herança do Monte do Templo recebeu 550 mil dólares como orçamento para a restauração do terceiro templo, uma iniciativa que poderá ser financiada pelo próprio governo de Israel.

A fundação é uma iniciativa da ministra da Cultura de Israel, Miri Regev e do ministro para Jerusalém, Ze’ev Elkin, e tem como objetivo promover a ligação judaica com o Monte do Templo.

Será a Fundação da Herança do Monte do Templo a responsável pela “pesquisa, informação e defesa” da herança histórica e religiosa dos judeus com o local onde foram construídos o templo de Salomão e o Segundo Templo.

O Fundo de Patrimônio do Muro Ocidental, que já é financiado pelo governo e administra o Muro Oriental, mais conhecido como Muro das Lamentações, irá operar juntamente com a nova fundação uma vez que o muro nada mais é que a base do Templo de Salomão restaurando por Herodes.

Região do Templo está em disputa com palestinos

O maior problema em defender a construção do Terceiro Templo está na briga pelo domínio de Jerusalém, uma vez que os palestinos reivindicam a área onde o Muro das Lamentações está localizado.

Por este motivo, muitos deputados protestaram contra a criação dessa nova fundação, temendo a ira dos muçulmanos que possuem o controle do Monte do Templo desde 1967.

Outros deputados, porém, comemoram a decisão como é o caso do deputado Yehudah Glick, que é rabino e tem ligações com o Instituto do Templo.

“Depois de muitos e longos meses, alegro-me que nossos esforços tenham finalmente produzido frutos. Este é um bom momento e graças a Deus finalmente chegamos lá, apesar do atraso de 50 anos o governo israelense reconheceu que o Monte do Templo é um sítio nacional, é nosso”, disse ele à imprensa local.

Glick declarou que “o Monte do Templo é o fundamento da história do povo judeu e do retorno à terra desde o início do sionismo”.

Construção do Terceiro Templo

A nova Fundação não anunciou planos de construções, mas só o orçamento já indica o desejo do governo de comprar a briga – internacional por conta das defesas constantes da ONU em prol da Palestina – para conseguir construir o Terceiro Templo.

A profecia de Daniel, na interpretação de muitos, diz que a construção do Templo marcará o tempo da vinda do Messias, pois o falso messias – o Anticristo para os cristãos – tentará fazer um acordo com muitos para trazer paz a Israel.

Estudiosos acreditam que entre os acordos de paz estará a questão da soberania do Monte do Templo. No livro de Ezequiel, o profeta descreve uma visão em que Deus revela os detalhes de um templo restaurado.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.