Warner Music Brasil abraça segmento gospel e prepara primeiro lançamento

O primeiro CD do segmento será “Atos” de Anayle Sullivan com lançamento marcado para o mês de maio

2110
Anayle Sullivan é a primeira contratada da gravadora

Reconhecida como uma das principais gravadoras em todo o mundo, a Warner Music do Brasil anunciou que começará a lançar cantores do gospel a partir do mês de maio.

Para o presidente gravadora no Brasil, Sérgio Affonso, os princípios de qualidade e transparência serão preservados e a qualidade do conteúdo musical também.

“A minha principal expectativa é continuar contratando artistas que realmente tenham uma carreira a construir. Valorizo e considero a integridade daquilo que o artista oferece para o público. Ver uma pessoa entregando aquilo que verdadeiramente está sentindo é sensacional”, disse.

Essa será a primeira vez entrará com intensidade no segmento, porém, na década de 1980 a Warner Music Brasil produziu trabalhos isolados ligados ao mercado religioso como a banca Catedral.

““Antes, trabalhávamos com o lançamento de um disco isoladamente, hoje, tentamos entender o mercado com o devido respeito que ele merece”, afirmou Affonso. Acredito no potencial da música gospel brasileira para alcançar o mercado secular com sua mensagem pura e verdadeira”, completa.

 

Anayle Sullivan será a primeira cantora contratada

VEJA TAMBÉM
Ana Nóbrega lança CD “Perfeito Amor” pela Som Livre

O casal Michael Sullivan e Anayle Sullivan contribuirão para o aprimoramento dos trabalhos da Warner com o segmento gospel. Michael, importante compositor e produtor artístico, estará de olho em novos talentos do gênero.

Sua esposa, porém, foi escolhida como a primeira cantora gospel contratada pela gravadora. “Estou com muita esperança no CD ‘Atos’, da Anayle, porque ela canta uma barbaridade, canta muito mesmo, e tem um super compositor ao seu lado, que é o seu esposo Michael Sullivan. Sinto que temos um grande lançamento pela frente”, afirma Sérgio Affonso ao divulgar que o CD de Anayle será lançado em 12 de maio.

O CD “Atos” conta com 14 faixas e traz Michael Sullivan, produtor e arranjador. O nome do disco tem relação direta com o texto bíblico do livro de Atos dos Apóstolos 1.8: “Esse texto diz que o homem só recebe o poder de Deus quando o Espírito Santo passar a habitar nele, tornando-o testemunha de Cristo em todo o mundo. Essa Palavra é o alicerce da nossa vida e deve ser o de todo cristão”, afirmou a cantora Anayle Sullivan.

COMPARTILHAR

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.