Da Redação JM Notícia

Projeto pode ser consultado no site do Ministério da Cultura

Através da Lei Rouanet uma exposição que que visa exaltar o Islã e mostrar a contribuição da civilização muçulmana para o conhecimento, segundo palavras do Ministro da Cultura, Roberto Freire.

A exposição “1001 Invenções: descobrindo o duradouro legado da civilização muçulmana” conseguiu R$ 7.825.451,58 e recebeu do Ministério da Cultura aprovação para que ocorra em São Paulo entre os dias 29 de agosto e 3 de dezembro.

Quem participar desse evento, poderá conferir o documentário: “O que o mundo islâmico fez por nós” e ainda faz parte do projeto a entrega de 115 mil cartilhas para os estudantes de 7 a 17 anos que visitarem o local.

Parte da verba vai para campanhas educativas com as escolas da cidade, visando “despertar o interesse do público, em especial os estudantes a respeito do tema central proposto”, no caso, o Islã.

O projeto, idealizado por Ahmed Salim, um jordaniano radicado em Londres, é realizado pela empresa 1001 Inventions que já exibiu essa exposição em outros países, inclusive os Estados Unidos durante o governo de Barack Obama.

VEJA TAMBÉM
Mesquita de autor do atentado em Manchester condena o terrorismo

“A finalidade de descortinar esse passado (muçulmano) encoberto pelos acontecimentos atuais e pelo próprio modo como foi contada a história ocidental”, garante Salim.

Você pode consultar o projeto no site do Ministério da Cultura pesquisando pelo número 1510875.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.