Culto de abertura da 43ª AGO foi marcado por fervor espiritual

O pastor José Wellington ministrou com base em Atos 28.1-2

Da Redação JM Notícia

O pastor ministrou acerca dos perigos da frieza espiritual

Começou na noite desta terça-feira (25) a 43ª Assembleia Geral Ordinária da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), no novo templo-sede da Igreja Assembleia de Deus Ministério do Belém, em São Paulo.

A abertura foi conduzida pelo pastor Joel Freire, dos Estados Unidos, já a leitura oficial foi feita pelo pastor Adalberto Dutra, presidente da Convenção das Igrejas e Pastores das Assembleias de Deus no Estado do Rio Grande do Sul (CIEPADERGS).

A Banda Sinfônica do Belém pode se apresentar e louvar o nome do Senhor, assim como o Coral do Círculo de Oração com cerca de 1,5 mil mulheres. O Coral Jovem, com cerca de 500 vozes que também teve a oportunidade de louvar durante o culto e os cantores da CPAD Music, Victorino Silva e Marcelo Santos também se apresentaram.

O primeiro culto foi marcado por fervor espiritual através de uma pregação feita pelo pastor José Wellington Bezerra da Costa que ministrou a respeito do perigo da frieza espiritual.

VEJA TAMBÉM
Pastores comentam convocação da CGADB para Dia de Clamor pelo Brasil: "Para que isso?"

“Não podemos deixar nos contaminar por qualquer indiferença. Somos crentes pentecostais. Quando Jesus vier buscar a Igreja, Ele deseja arrebatar uma Igreja no fogo”, afirmou o pastor que ministrou com base em Atos 28.1-2.

Com o tema “Salvação e Livre-Arbítrio”, a 3ª AGO segue até o dia 28, próxima sexta-feira, e ao longo desses dias diversos pastores estarão ministrando. Com Informações CPAD News.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.