Da Redação JM Notícias

Nesta sexta-feira (12) aconteceu em Ottawa, capital canadense, a “Marcha para Vida”, evento pró-vida que pede a proibição da prática do aborto no Canadá.

Milhares de pessoas participaram do evento que gerou grande debate nas redes sociais, pois o grupo de organizadores ergueu uma bandeira anti-aborto no prédio da prefeitura.

Em poucas horas conselheiros da cidades assinaram um carta exigindo que a bandeira fosse removida. No Twitter os moradores da cidade se revoltaram contra o grupo pró-vida e exigiram providências da prefeitura.

“Qual será a próxima? Vão deixar os grupos anti-LGBT astearem bandeiras denunciando os direitos das pessoas LGBT já conquistados?”, tuitou um cidadão canadense.

Nove horas depois o prefeito da cidade, Jum Watson, comunicou a todos que a bandeira foi derrubada, esclarecendo que a prefeitura não autorizou tal ação.

“Eu sempre vou apoiar o direito de uma mulher escolher”, afirmou o prefeito dando seu apoio ao aborto.

Mas recentemente o prefeito assinou a proclamação do Dia do Respeito Pela Vida, ação esta questionada por seus opositores diante do que foi feito hoje pelos organizadores da marcha. Com informações The Guardian.