Na noite da última sexta-feira (19/5), circulou em redes sociais e grupos de WhatsApp a informação de que o líder religioso havia falecido. Embora esteja com a saúde muito debilitada em função de uma pneumonia que evoluiu para um quadro de infecção hospitalar, o pastor permanece internado, segundo informações de familiares.

Primeiro neto e atual líder da igreja, pastor Ricardo Espíndola, disse ao Metrópoles que Vilarindo, dentro do possível, está bem, embora muito debilitado. “Infelizmente circularam informações equivocadas sobre a condição de meu avô. Seguimos dando todo apoio a ele e temos o compromisso de informar a evolução do quadro de saúde do pastor Vilarindo”, disse Espíndola.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.