Da Redação JM Notícia

Fazer pedidos de ofertas em cultos é uma prática comum, principalmente em igrejas neopentecostais que possuem programas na TV.

O que chamou atenção da grande imprensa nos cultos da Igreja Mundial do Poder de Deus foi um pedido diferente feito pelo líder da denominação, apóstolo Valdemiro Santiago, que afirmou não confiar nos bancos.

Santiago queria pessoas dispostas a ofertarem R$ 1.000 para ajudar a pagar os programas exibidos no canal RCI, canal UHF, mas ele pediu para que o dinheiro não fosse depositado em caixas eletrônicos.

“Não depositem em caixa eletrônico, porque banco…banco não respeita as leis do país”, afirmou o líder religioso sem explicar os motivos de sua desconfiança.

Ele também divulgou a conta do Banco do Brasil que foi aberta exclusivamente para quem queria doar valores para ajudá-lo com os honorários dos programas de TV. “Dízimo é dízimo. É outra coisa. Isso é para a TV”, explicou.

Segundo o colunista da UOL, Ricardo Feltrin, a Igreja Mundial gasta cerca de R$ 8 milhões para manter programas de rádio e TV.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Atenção: Os comentários são de inteira responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Jornal.